No tie-break, Sesi-Bauru vence e elimina o Pinheiros na Superliga Feminina

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Sesi-Bauru conquistou na noite deste sábado uma apertada vitória sobre o Pinheiros, por 3 sets a 2 (25/22, 24/26, 24/26, 25/19 e 7/15), em partida válida pela 10ª rodada do returno da Superliga Feminina, a penúltima da fase de classificação. O jogo foi disputado no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo.

O resultado apenas manteve as bauruenses, já classificadas aos playoffs, na luta pela quinta colocação, mas foi cruel para o time da capital, que perdeu a possibilidade de tentar brigar por uma vaga no G-8 – somente uma vitória por pelo menos 3 a 1 manteria o Pinheiros com chances.

Com o resultado de 3 sets 2, o Sesi-Bauru somou apenas dois pontos e foi a 36, mesma pontuação do Osasco, o quinto colocado, que tem um jogo a menos. Já o Pinheiros, com a derrota no tie-break, soma um ponto e, com 18, não tem mais chances de chegar ao G-8.

O Pinheiros começou melhor e saiu na frente ao vencer o set inicial (25 a 22), mas vacilou no segundo set, quando teve a chance de fechar. Ao permitir a vitória bauruense por 26 a 24, acendeu as visitantes que viraram o marcador com um novo 26 a 24. O time da capital chegou a empatar com uma atuação consistente no quarto set, vencido por 26 a 19.

No set de desempate, a oposta Tifanny fez a diferença no início da parcial, quando o Ses-Bauru abriu vantagem de três pontos (6 a 3). Depois, Gabi Cândido, eleita a vencedora do Troféu Viva Vôlei, garantiu duas passagens eficientes pelo saque e o time bauruense aumentou a vantagem para fechar a parcial em tranquilos 15 a 7 vencer o jogo por 3 sets a 2.

Pela 11ª rodada do returno, a última da fase de classificação, as duas equipes voltam a jogar na próxima sexta-feira, no mesmo horário, às 21h30: o Pinheiros recebe o Camboriú no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo, enquanto o Sesi-Bauru joga em casa, no Ginásio Panela de Pressão, diante do Fluminense.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes