Nico Rosberg vence o GP da Bélgica

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O fã da velocidade que ficou com saudade da Fórmula 1 durante a parada para as férias em agosto foi brindado com uma corrida de tirar o fôlego no mítico circuito de Spa-Francorchamps. Teve de tudo no GP da Bélgica, 13ª etapa da temporada 2016: largada tumultuada, muitos toques roda com roda, ultrapassagens e um fortíssimo acidente na temida Eau Rouge. Largando da pole position, o vice-líder do campeonato, Nico Rosberg passou ileso pela primeira curva e assistiu a tudo pelos retrovisores vencendo de ponta a ponta com certa tranquilidade. Foi seu sexto triunfo na temporada, o 20º na carreira. Seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, fez uma incrível corrida de recuperação e cruzou em terceiro após largar em penúltimo. Com o resultado, o inglês chegou aos 232 pontos e manteve a liderança do campeonato, com nove de vantagem sobre Rosberg. Daniel Ricciardo, da RBR, terminou a prova em 2º. Felipe Massa, da Williams, fechou a zona de pontuação em 10º, e Felipe Nasr, da Sauber, foi o 17º. A próxima etapa é já no próximo fim de semana, na Itália.

Hamilton sai da última fila para o pódio e mantém liderança do campeonato

Apesar da vitória, Rosberg não deve ter saído tão satisfeito da prova. Ele chegou à Bélgica 19 pontos atrás de Hamilton e tinha uma grande chance de reassumir a liderança do campeonato ou, ao menos, descontar uma boa diferença na tabela. Afinal, o inglês largava da última fila após ser punido por ultrapassar o limite de motores permitidos por temporada. Porém, a decisão do britânico de forçar a penalidade em Spa, circuito com diversos pontos de ultrapassagem, se mostrou acertada. A intenção era minimizar o prejuízo, chegando ao menos em sétimo, para manter a ponta na classificação. Mas o resultado saiu melhor que a encomenda. Além da boa atuação, Hamilton também contou com uma pitada de sorte para chegar ao pódio. Ele se beneficiou com a bandeira vermelha provocada pelo forte acidente de Kevin Magnussen, na sexta volta. Como era um dos poucos que ainda não tinha parado nos boxes, aproveitou a paralisação para trocar os pneus e logo pulou para as primeiras colocações. Outro que fez boa prova de recuperação foi Fernando Alonso, que largou em último. Também se aproveitando da bandeira vermelha, o espanhol levou a McLaren ao 7º lugar.

Corrida é marcada por forte batida de Magnussen na Eau Rouge

O acidente de Magnussen, aliás, causou grande apreensão. Na 6ª volta, o dinamarquês perdeu o controle da Renault na desafiadora subida da Eau Rouge e bateu violentamente na barreira de proteção de localizada na saída da curva. O safety car foi acionado, mas os fiscais tiveram dificuldades para reconstruir a proteção de pneus, a bandeira vermelha precisou ser acionada e a corrida ficou paralisada por 20 minutos. O piloto não sofreu ferimentos graves, apenas um corte no tornozelo, e saiu mancando do carro. Ele foi para um hospital próximo ao autódromo para exames.

Carro de Kevin Magnussen ficou completamente destruído em acidente no GP da Bélgica (Foto: Divulgação)Carro de Kevin Magnussen ficou completamente destruído em acidente no GP da Bélgica (Foto: Divulgação)

Felipe Massa leva um ponto para casa

Apesar de chegar em 10º, mesma posição em que largou, Felipe Massa também teve uma corrida movimentada. O veterano se aproveitou da confusão da largada e chegou a subir para o 4º lugar. No entanto, não acertou na estratégia e foi perdendo posições. O brasileiro protagonizou bons duelos com Sebastian Vettel (Ferrari) e Sergio Pérez (Force India) e, ao menos, ainda conseguiu terminar na zona de pontuação. Apesar de levar um ponto para casa, perdeu uma posição no Mundial de Pilotos e agora aparece em 10º na classificação geral. Felipe Nasr foi outro que ganhou muitas colocações na largada, mas perdeu tudo logo em seguida em razão de um pneu furado. No fim, terminou em 17º, último dentre os que completaram a prova. Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen e Max Verstappen foram outros que tiveram corridas atribuladas. Correndo praticamente em casa e diante de forte torcida holandesa, o jovem da RBR decepcionou, se envolveu em muitas confusões e terminou em 11º, sem marcar pontos.

Resultado do GP da Bélgica (Foto: Reprodução)Resultado do GP da Bélgica (Foto: Reprodução)

 

Fonte: G1

 

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes