Nico Rosberg vence em Cingapura e tira Hamilton da liderança

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Nico Rosberg, entre Daniel Ricciardo e Lewis Hamilton no pódio do GP de Cingapura (Foto: Reprodução)

Era o 200º GP de Nico Rosberg na Fórmula 1. E o alemão da Mercedes tinha ainda mais motivos para considerar a corrida em Cingapura especial. Soberano no fim de semana, ele largava da pole e tinha a grande chance de ultrapassar o companheiro Lewis Hamilton na tabela de classificação para reassumir a liderança da temporada. Tudo caminhava para uma vitória tranquila no Circuito de Marina Bay, mas uma mudança de estratégia de Daniel Ricciardo, da RBR, deu contornos de tensão às últimas voltas. O australiano fez um pit stop a mais, colocou pneus novos e saiu à caça de de Rosberg. A diferença de 30s virou pó rapidamente. Na última volta, Ricciardo chegou de vez. Mas o alemão manteve a frieza e cruzou a linha de chegada com menos de meio segundo de vantagem, assegurando a vitória. Apático desde os treinos, Hamilton largou em terceiro, chegou a ser ultrapassado por Kimi Raikkonen, da Ferrari, durante a prova, mas recuperou a posição nos boxes e completou o pódio. Restando seis etapas para o fim do campeonato, Rosberg chegou a 273 pontos contra 265 do britânico, revertendo uma desvantagem de dois pontos para uma vantagem de oito, se tornando líder do Mundial de Pilotos.

– Foi um fim de semana incrível para mim. Ontem com a pole e hoje com uma ótima largada e um bom carro na corrida. Claro que Daniel tentou me pegar com o pit stop. Sabíamos que seria apertado no fim, mas tudo funcionou. Estou muito feliz – celebrou Rosberg.

Nico Rosberg e Daniel Ricciardo no GP de Cingapura (Foto: Getty Images)Daniel Ricciardo colou em Nico Rosberg no fim do GP de Cingapura (Foto: Reprodução)

Felipe Massa fez uma prova discreta e terminou em 12º. O veterano da Williams largou em 11º, chegou a figurar na zona de pontuação, mas não conseguiu manter o ritmo dos pilotos da frente e acabou zerado. Seu companheiro Valtteri Bottas também não se destacou, só chamou a atenção quando precisou ajeitar o cinto de segurança nos boxes e abandonou. Felipe Nasr, da Sauber, largou em 17º, ganhou algumas posições, mas também não marcou pontos, fechando em 13º. 

Vettel sai de último para 5º e é eleito “Piloto do Dia”. Verstappen deixa a desejar

O destaque da prova ficou por conta de Sebastian Vettel. Largando em último depois de ter problemas no treino classificatório de sábado, o alemão da Ferrari protagonizou uma grande corrida de recuperação e terminou em 6º, atrás de seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, e à frente de Max Verstappen, da RBR, que havia largado em 4º. Com o desempenho, o tetracampeão foi eleito “Piloto do Dia”, em enquete feita pela F1. Outro momento interessante foi a briga entre Daniil Kvyat e Max Verstappen. Rebaixado da RBR para a STR para dar lugar ao holandês, o russo fez jogo duro e vendeu caro a posição. Apesar do resulta aquém, Max ainda protagonizou boas disputas, primeiro com um “drible” Sergio Pérez e, depois, com uma ultrapassagem sobre Fernando Alonso.

Nico Hulkenberg bateu na largada do GP de Cingapura (Foto: Getty Images)Nico Hulkenberg foi tocado por Carlos Sainz e bateu na largada do GP de Cingapura (Foto: Reprodução)

Acidente de Hulkenberg na largada e susto de fiscal

A corrida ainda foi marcada por um acidente com Nico Hulkenberg na largada em plena reta, provocando a entrada do safety car. Na relargada, outro susto: um fiscal de prova ainda tirava detritos da pista e precisou correr para não ser pego pelos carros que cruzavam a pista em alta velocidade. A próxima etapa é dia 2 de outubro, na Malásia.

RESULTADO DO GP DE CINGAPURA
Resultado do GP de Cingapura de 2016 (Foto: Divulgação)Resultado do GP de Cingapura de 2016 (Foto: Divulgação)

CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2016

classificacao-f1-180916

Fonte: G1

 

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes