Muricy indica que não deve mais trabalhar como técnico

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Nesta quarta-feira, durante uma entrevista à rádio Jovem Pan, Muricy Ramalho deu indícios de que não deve voltar à beira de campo no cargo de treinador. “Não tenho nada grave, mas a tendência, realmente, é que eu não volte mais a ser treinador”, disse.

Em maio, Muricy sofreu uma fibrilação atrial, espécie de arritmia cardíaca, o que o afastou de alguns jogos no comando do Flamengo, desencadeando em seu pedido de dispensa, confirmado no último dia 26. À frente do clube rubro-negro, Muricy passou por 29 partidas, conquistando 13 vitórias, sete empates e nove derrotas. Em 56 dias, foi eliminado do Campeonato Carioca, Primeira Liga e Copa do Brasil.

Histórico delicado

Em 2013, à frente do Santos, Muricy foi acometido por uma diverticulite, o que deixou o técnico sob observação. NO ano seguinte, já no São Paulo, voltou a enfrentar o mesmo quadro, além de ter ficado internado por quatro dias, por conta de uma arritmia cardíaca sofrida durante um treino do clube tricolor no CT.

Fonte: Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes