Melody, de 25 anos, namorada de Centurión, ex-São Paulo, morre após sofrer infarto e bater com o carro na Argentina

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O meia Centurión, ex-São Paulo e atual atleta do Vélez Sarsfield, se viu envolvido em uma tragédia neste domingo. A namorada do jogador, Melody Pasini, de 25 anos, morreu após sofrer um infarto e bater com o carro quando rumava para a casa de seus pais, em Banfield, na grande Buenos Aires. A informação foi confirmada pelas autoridades locais.

De acordo com a imprensa local, Melody dirigia sozinha após deixar a casa de Centurión, em Puerto Madero, para se encontrar com os pais, mesmo em tempos de isolamento no país. A polícia informou que a jovem perdeu o controle de seu carro na rua Pergamino, em Lanus, e bateu em outro veículo que estava estacionado. Ela foi encontrada sem vida no local. As autoridades acreditam que, entretanto, um problema cardíaco antes do impacto foi a causa da morte.

– Era uma pessoa com antecedentes cardíacos. No primeiro exame, os peritos entenderam que ela sofreu um problema cardíaco, que provoca o choque. O impacto foi menor sobre o carro, os airbags funcionaram. O trauma não condiz com a morte. O promotor está investigando que há seis anos ela teria sofrido um problema cardíaco – disse o secretário de segurança de Lanús, Diego Kravetz.

O Vélez emitiu um comunicado de condolências a Centurión, dizendo estar ao lado do jogador neste duro momento: “Muita força, Centu!”. O São Paulo também se manifestou.

Melody, que se relacionava com Centurión há alguns anos, teria um histórico de problemas cardíacos e teria passado por duas cirurgias no coração. Autodeclarada torcedora do Racing, onde Centurión estourou, ela acompanhou o jogador em sua passagem pelo São Paulo e chegou a posar usando a camisa do time brasileiro.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes