Marin deve pagar R$ 40 milhões para aguardar julgamento em casa

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O ex-presidente da CBF José Maria Marin parece ter chegado a um acordo com autoridades dos Estados Unidos para ficar em prisão domiciliar enquanto aguarda seu julgamento por suspeita de corrupção. Por enquanto, o brasileiro segue preso na Suíça em regime fechado. As informações são do jornal Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, Marin deve pagar uma fiança de R$ 40 milhões para permanecer em seu apartamento em Nova York. A propriedade do cartola fica no 41º andar da Trump Tower, conglomerado de apartamentos construídos por Donald Trump, empresário pré-candidato à presidência do país.

Em sites imobiliários dos Estados Unidos, uma propriedade nesse prédio localizado na 5ª Avenida, próximo ao Central Park, custa cerca de 2,5 milhões de dólares (cerca de R$ 10 milhões). Aos 83 anos, Marin deve ser extraditado nesta semana para a América do Norte.

Há dois meses, o ex-vice-presidente da Fifa, Jeff Webb, desembolsou uma fiança de US$ 10 milhões (R$ 40 milhões) para aguardar seu processo em liberdade, também nos EUA.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes