Kieza herda camisa 9 de Luis Fabiano no São Paulo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Contratado por R$ 4 milhões, Kieza foi apresentado como reforço do São Paulo na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. O atacante herdou a camisa 9 que era de Luis Fabiano, agora no futebol chinês. Sobre substituir o Fabuloso, terceiro maior artilheiro da história do clube, o jogador foi direto.

– Muito cedo. Pretendo ter muito tempo aqui no São Paulo, quero fazer minha história. Vou vestir uma camisa que o Luis Fabiano honrou, ganhou títulos e foi muito feliz. Quero buscar espaço – declarou o atacante, que assinou contrato por três temporadas.

Kieza mostra o número de sua camisa no Tricolor  (Foto: Divulgação)
Kieza mostra o número de sua camisa no Tricolor (Foto: Divulgação)

O atacante afirmou ainda ter completa noção do tamanho da missão que é substituir o atacante Luis Fabiano. E confia que o número 9 vai trazer boas energias.

– Lógico, sei do desafio que tenho pela frente, sei que vou ser cobrado. Mas vou buscar meu espaço, é um número que gosto de usar, que costuma me dar sorte – completou Kieza.

O novo camisa 9 do Tricolor treina no clube há alguns dias, o suficiente para ele se sentir bem adaptado ao ambiente. A amizade com Rogério, que foi seu companheiro no Náutico, ajuda.

– Foi um amigo que fiz no futebol. A gente vinha conversando antes mesmo de fechar. Estamos juntos, é um menino bom demais, sempre trocamos conselhos. Espero ser muito feliz no São Paulo, conquistar títulos e dar alegrias para essa torcida maravilhosa – acrescentou.

Veja abaixo o que mais Kieza falou em sua apresentação:

APELIDO KIEZA

– Welker as pessoas não conseguem falar, usam nomes diferentes. Na minha cidade, jogava com meu primo chamado Kiel. O treinador colocou o apelido Kiel e Kieza.

CHEGA PARA SER O ARTILHEIRO?

– Espero que sim. Tenho respeito por todos que estão aqui. Conheço os que estão aqui, que têm capacidade. Com minha garra e capacidade, espero que possa ajudar a equipe. Quero ter um desempenho melhor do que no ano passado, quando fiquei fora algum tempo por lesão.

DISPUTA POR VAGA NO ATAQUE

– Tem de acontecer, é sadio. Vai ser bom para o nosso treinador, que vai escolher o melhor para jogar. Vou trabalhar firme e forte para conquistar meu espaço. Se o Calleri vier, será bem recebido, precisamos de jogadores que possam ajudar.

POSICIONAMENTO

– Estou aqui para ajudar da melhor maneira possível. Posso jogar como segundo atacante também. Não vejo problema em atuar ao lado de Alan Kardec.

PROJEÇÃO DE GOLS

– Nunca projeto gols. Projeto vontade, entrega dentro de campo. Os gols saem naturalmente. Eu me posiciono bem e sei que a bola vai chegar porque aqui tem jogadores de muita qualidade.

OUTRAS PASSAGENS PELO SUDESTE

– As passagens que tive por Cruzeiro e Fluminense não foram boas porque ainda era muito novo. Hoje estou mais experiente, sei o que preciso fazer. Tenho de concentrar e me empenhar ao máximo para ajudar a equipe.

JEITO EXPLOSIVO EM CAMPO

– Sou um cara que cobro muito, acho que depois que fiquei mais experiente passei a cobrar mais. Nos grupos passei a ter um pouco mais de liderança, me soltar um pouco mais, o futebol hoje é assim, precisamos de jogadores que corram e lutem o tempo todo. Não podemos desistir porque podemos ganhar o jogo no fim.

FOTO COM BONÉ DE TORCIDA ORGANIZADA

– Sempre tive boas relações com as organizadas. Não tenho e nunca tive medo. Respeito, assim como eles me respeitam. Organizada cobra muito. Sempre me dei bem. Tirei a foto e não vi mal nenhum. Não tem problema.

TATUAGEM DO NÚMERO 9 NO PESCOÇO

– Decidi fazer no ano retrasado depois de pensar muito desde a época do Náutico. Fiz e espero que continue dando sorte.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes