Hamilton vibra com perspectiva de igualar marca de Senna

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O britânico Lewis Hamilton, atual campeão de Fórmula 1, afirmou nesta quinta-feira que se sente na pele de Ayrton Senna, seu maior ídolo, que pode igualar em número de vitórias se vencer o Grande Prêmio de Cingapura neste domingo.

O brasileiro, que morreu aos 34 anos durante o GP de San Marino, em 1994, no circuito de Imola, venceu 41 das 161 que disputou na modalidade.

“Pouco importa se for neste fim de semana, ou o seguinte, ou outro, o mais importante é que terei o mesmo número de vitórias de Ayrton”, sentenciou o piloto de 30 anos numa entrevista coletiva.

“Me sinto como Ayrton. Se ele tivesse tido a oportunidade de continuar, teria conseguido mais vitórias e mais campeonatos. Quero continuar o legado de Ayrton, por isso vou vencer mais por nos dois”, acrescentou.

“Acho que seríamos amigos se ele ainda estivesse por aqui”, completou.

Hamilton também almeja igualar outro recorde de Senna, a série de oito pole positions consecutivas, e tenta, sobre tudo, igualar o brasileiro em termos de títulos, já que luta pelo tricampeonato nesta temporada.

O inglês lidera o o Mundial de pilotos com 252 pontos, 53 de vantagem sobre o alemão Nico Rosberg, seu companheiro de equipe na Mercedes.

“Ainda tenho chances de brigar pelo título, então tenho uma escolha: acreditar ou não. Escolhi acreditar. Tudo pode acontecer no esporte”, avisou Rosberg.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes