Flamengo vence o Palmeiras no Allianz Parque

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Flamengo impôs uma derrota contundente ao Palmeiras na tarde deste domingo. Jogando no Allianz Parque, a equipe de Jorge Jesus dominou o time mandante, abriu três gols de vantagem com Gabigol, duas vezes, e Arrascaeta no início do segundo tempo e tirou o pé na reta final, quando Matheus Fernandes fez para o Verdão e decretou o 3 a 1, em duelo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Palmeiras chega ao quinto jogo sem vitória, segue na terceira posição, com 68 pontos, e vê a pressão sobre Mano Menezes aumentar. O embate ainda marcou a despedida do clube de sua casa no ano, uma vez que o próximo compromisso, contra o Goiás, será realizado no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, às 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira.

O campeão Flamengo, por sua vez, alcança a marca de 23 jogos sem derrota no Brasileiro, vai aos 87 pontos e amplia o recorde de pontuação. O Rubro-Negro volta aos gramados pela competição nesta quinta-feira, quando recebe o já rebaixado Avaí, no Maracanã, às 20 horas (de Brasília).

Flamengo controla o Palmeiras e abre boa vantagem

O Flamengo aproveitou uma bobeada da defesa do Palmeiras para abrir o placar antes dos cinco minutos de jogo. Com a última linha adiantada, Luan saiu para dar combate e deixou um buraco. Vitinho viu o movimento do defensor alviverde e lançou Gabigol, que saiu na cara de Jaílson e apenas rolou para Arrascaeta marcar. O assistente assinalou impedimento, mas o VAR entrou em ação para validar o tento.

O Palmeiras até assustou em cabeçada de Dudu, mas logo caiu no marasmo ofensivo e viu o rival carioca controlar a partida. Ainda assim, em um das poucas vezes que conseguiu penetrar na área rubro-negra, o camisa 7 foi agarrado por Rhodolfo, porém, o juiz não viu a infração e o lance passou batido pelo árbitro de vídeo.

Após perder oportunidades claras com Gabigol e Vitinho, o Flamengo aumentou a vantagem antes do intervalo através de uma linda trama. Rafinha recebeu na ponta direita e lançou Arrascaeta no outro lado do campo, onde o uruguaio tocou de primeira para Gabigol. O atacante sequer deixou a bola pingar, acertou arrematou cruzado e deixou o seu no Allianz Parque.

Gabigol faz mais um, Fla tira o pé e Palmeiras marca o gol de honra

Assim como no primeiro tempo, os comandados de Jorge Jesus aproveitaram um erro da adversário para balançar as redes no início da etapa derradeira. Vitor Hugo quis sair jogando, Gerson interceptou o passe e a sobra com Gabigol. O artilheiro finalizou forte, a bola desviou em Luan e Jaílson nada pôde fazer.

Insatisfeito com a atuação apática da equipe, Mano Menezes queimou as três substituições antes dos 20 minutos. As entradas de Scarpa, Willian e Matheus Fernandes nas vagas de Ramires, Lucas Lima e Felipe Melo, respectivamente, até fizeram o Palmeiras equilibrar a partida, mas nada que assustasse o Flamengo, a não ser em chute na trave de Bruno Henrique.

Com 3 a 0 no placar e vindo de uma maratona de jogos, o Rubro-Negro tirou o pé na reta final e o Palmeiras viveu seu melhor momento na partida. Dudu carimbou a trave, Willian teve um gol anulado e Matheus Fernandes marcou o tento de honra dos mandantes. Em cruzamento de Gustavo Scarpa, o volante apareceu na área e deu números finais ao triunfo rubro-negro.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1X3 FLAMENGO 

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 1 de dezembro de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Público: 22.219 torcedores
Renda: R$ 1.291.119,45
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos: Rafinha e Vitinho (FLA)

GOLS
PALMEIRAS:
 Matheus Fernandes, aos 38 minutos do 2ºT.
FLAMENGO: Arrascaeta, aos quatro minutos do 1ºT, e Gabigol, aos 46 minutos do 1ºT e no 1º minuto do 2ºT.

PALMEIRAS: Jaílson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Matheus Fernandes), Bruno Henrique, Ramires (Gustavo Scarpa) e Lucas Lima (Wilian); Dudu e Luiz Adriano
Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Rhodolfo e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Vitinho (Piris da Motta) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Diego) e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes