Feijão é suspenso novamente e abandona torneio no México

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O tenista João Souza, o Feijão, está novamente suspenso de suas atividades pela Unidade de Integridade do Tênis (TIU), órgão que combate a corrupção na modalidade. Com isso, o brasileiro deixa o Challenger de San Luis Potosi, no México, onde já estava nas oitavas de final. Dessa vez, o atleta só poderá recorrer em 120 dias e até lá está fora de qualquer torneio.

Feijão teve seu melhor resultado na carreira ao ocupar a 69ª colocação do ranking da ATP, mas atualmente figura apenas na 422ª posição. Na competição mexicana, o brasileiro vinha de vitórias contra o o egípcio Mohamed Safwat e o dono da casa Gerardo Villasenor, e enfrentaria o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera.

O tenista foi suspenso pela primeira vez em 29 de março, mas a punição só foi informada dia seis de abril, quando a Unidade de Integridade do Tênis divulgou um comunicado em seu site sem maiores especificações, dizendo que o brasileiro violou termos do Programa Anticorrupção no Tênis.

A decisão, entretanto, foi revogada no dia sete e Feijão voltou normalmente às atividades. O tenista e seu advogado Michel Assef Filho, posteriormente, apresentaram defesa, a qual foi aceita pelo órgão. Nesta quinta-feira, no entanto, o brasileiro foi novamente notificado de mais uma punição, a qual só poderá recorrer em quatro meses, período em que ficará fora do circuito.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes