Ex-campeão do UFC morre após ataque cardíaco aos 44 anos

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Ao ver o sorridente ex-campeão dos pesos-pesados Kevin Randleman no tapete vermelho da última edição do ‘Oscar do MMA’, na última sexta-feira (5), em Las Vegas (EUA), ninguém poderia imaginar que poucos dias depois o atleta faleceria vítima de um ataque cardíaco.

Nesta quinta-feira (11),Theresa Randleman, irmã do atleta, confirmou a morte do lutador em sua conta em redes sociais e, rapidamente, diversos amigos e ex-parceiros de treino passaram a prestar homenagens pela internet. Entre eles, Scott V. Kimball, treinador principal e sócio de Kevin na academia ‘Monster Wrestling’, confirmou a notícia para a reportagem da Ag. Fight.

De acordo com o amigo de longa data, Kevin foi hospitalizado para tratar de uma pneumonia no últimos dias e, sem apresentar melhoras em seu quadro, sofreu um ataque cardíaco fulminante aos 44 anos.

Ex-campeão dos pesos-pesados do UFC, o americano iniciou sua carreira no Brasil na década de 90 quando, trazido pelo então treinador Mark Coleman, disputou três torneios antes de migrar para eventos de grande porte. Já no octógono mais famoso do mundo, Kevin venceu Pete Williams para se consagrar dono do título. Ainda defendeu o cinturão diante de Pedro Rizzo antes de perder na sequência para o compatriota Randy Couture.

Aposentado desde 2011, o atleta encerrou sua carreira com um cartel de 17 vitórias e 16 derrotas, que incluíram passagens por eventos do calibre de Pride e Strikeforce, além de duelos  contra rivais de nomes como Fedor Emelianenko, Mirko ‘Cro Cop’, Chuck Liddell, Maurício ‘Shogun’, Kazushi Sakuraba e Quinton ‘Rampage’.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes