Corinthians se segura com um a menos e vence o Capivariano; veja os gols

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Corinthians teve bastante dificuldade para manter seu aproveitamento de 100% no Campeonato Paulista. Com muitas mudanças, a equipe não chegou a se encontrar na noite de quinta-feira, em Itaquera, e jogou com um a menos durante boa parte do segundo tempo, mas derrotou o Capivariano por 2 a 1.

Para chegar aos nove pontos e permanecer na liderança do Grupo D, o time alvinegro contou com um gol de Romero e um do recém-chegado Guilherme. A formação do interior, que chegou à rede com Marlon – em coautoria com o adversário Vilson –, com um pontinho apenas, está na lanterna do Grupo C.

O pior público em jogos oficiais – 23.143 pagantes – festejou logo de cara com o tento de Romero e lamentou a falha de Vilson, que jogou na rede de Cássio. O Corinthians voltou a passar à frente logo no início da etapa final e, em seguida, teve Edílson expulso. Aí, foi se segurar para evitar o empate.

A equipe preta e branca voltará a atuar em Itaquera no domingo, contra o São Paulo, novamente com uma escalação que mesclará titulares e reservas. A ideia é deixar os jogadores em boas condições para a estreia na Copa Libertadores, na quarta-feira, contra o Cobresal, no Chile.

Mais um triunfo suado

O início do jogo levou a crer que a previsão de Tite – dificuldade pelas mexidas no time – não se concretizaria. Logo aos dois minutos, Edílson roubou bola pela direita e avançou sem grande resistência até bater forte. A direção não foi a do gol, mas Romero tratou de corrigir sua trajetória para balançar a rede.

Pouco depois, nova bola foi roubada e entregue a Willians, que cortou e bateu. O goleiro Pedro Henrique deu rebote, e Marlone teve duas oportunidades para marcar. Na segunda, com a bola quicando dentro da pequena área, chutou de pé esquerdo e mandou por cima.

Não foi tão fácil quanto parecia. A saída de bola emperrou, Guilherme sumiu, e o Capivariano ganhou terreno. O empate poderia ter acontecido aos 21, quando Willians cometeu pênalti claro em Marlon – o juiz, bem perto do lance, apontou infração falta da área.

Aos 29, não teve jeito. Escanteio foi bem batido da direita, e Marlon desviou muito de leve. Vilson desviou mais forte e jogou contra a própria rede. Houve um lance de perigo para cada lado até o intervalo. O do Corinthians foi de Marlone, que atuava bem, mas mostrava ansiedade para concluir.

Na volta do intervalo, os donos da casa voltaram a se colocar à frente. Após cobrança de escanteio e corte parcial, Guilherme resolveu bater de primeira, de pé esquerda, sem deixar a bola cair. Ela foi desviada em Jácio e entrou no cantinho esquerdo, depois de tocar no poste, a um minuto.

Antes que o Corinthians se visse em posição confortável, Edílson foi expulso por suposta ofensa ao árbitro. Os visitantes se mandaram ao ataque com Romão, Chico e Carlão. Tite preencheu a lateral direita com Fagner, sacando Guilherme, e trocou também Romero pelo estreante Giovanni Augusto.

Os anfitriões se fecharam com duas linhas de quatro marcadores. Quando Marlone se cansou, Lucca foi acionado. O Capivariano não conseguiu espaços pelo meio e foi apostando em cruzamentos. Chegou a balançar a rede, em lance bem anulado, e não conseguiu evitar a terceira vitória sofrida do único time 100% do Paulista.

FICHA TÉCNICA – CORINTHIANS 2 X 1 CAPIVARIANO

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)

Data: 11 de fevereiro de 2015, quinta-feira

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson José de Moraes Coelho

Público: 23.143 pagantes

Renda: R$ 1.113.209,00

Cartões amarelos: Fagner (Corinthians); Everton Dias (Capivariano)

Cartão vermelho: Edílson (Corinthians)

Gols:

Corinthians: Romero, aos dois minutos do primeiro tempo, e Guilherme, a um minuto do segundo tempo

Capivariano: Marlon, aos 29 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Felipe, Vilson e Uendel; Willians, Romero (Giovanni Augusto), Maycon, Guilherme (Fagner) e Marlone (Lucca); Danilo

Técnico: Tite

CAPIVARIANO: Pedro Henrique; Maguinho, Wagner, Leandro Silva e Marlon; Everton Dias, Jácio (Chico), Samuel e Kleiton Domingues (Romão); Rogerinho e Rodolfo (Carlão)

Técnico: Evaristo Piza

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes