Corinthians faz 2 a 0, mas sofre gol olímpico no fim e empata com o Ceará

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Corinthians desperdiçou a oportunidade de encostar nos líderes do Campeonato Brasileiro neste sábado. Na abertura da 18ª rodada, a equipe de Fábio Carille colocou dois gols de vantagem no primeiro tempo, com João Lucas (contra) e Vagner Love, caiu de produção na etapa final e viu Thiago Galhardo e Leandro Carvalho, o último olímpico e já nos acréscimos, marcarem para o Ceará, decretando o 2 a 2 na Arena.

Com o resultado, o Timão vai aos 32 pontos e segue momentaneamente na terceira posição, mas perde a chance de encostar nos líderes Santos e Flamengo (36) e torce por tropeços de São Paulo e Palmeiras para não deixar o G4. O Ceará, por sua vez, quebra uma sequência de três derrotas, alcança os 21 pontos e ocupa provisoriamente a 12ª colocação.

O Corinthians busca fechar o primeiro turno do Brasileirão em alta no próximo domingo, quando visita o Fluminense, no Maracanã, às 16 horas (de Brasília). Um dia antes, às 21 horas (de Brasília), o Ceará quer reencontrar o caminho das vitórias diante do Botafogo, no Castelão.

Corinthians domina primeiro tempo e abre boa vantagem

Sem Pedrinho, Fábio Carille optou por escalar Jadson aberto pela direita e seguir com Mateus Vital centralizado. Ligados e aproveitando boas tramas criadas com participação de Michel Macedo, substituto de Fagner, os meio-campistas ofereceram perigo ao goleiro Diogo Silva, que apenas olhou chute do camisa 10 passar por cima, rente ao travessão, e espalmou o arremate do número 22.

Se os corintianos não aproveitaram as oportunidades, João Lucas mandou para as redes, mas contra o próprio patrimônio. Mateus Vital foi acionado na ponta esquerda, trouxe para dentro e cruzou na segunda trave, onde o lateral-esquerdo, sozinho, calculou errado o tempo de bola e cabeceou para vencer o companheiro Diogo Silva.

A resposta do Ceará veio no ataque seguinte, quando Ricardinho cobrou escanteio, Thiago Galhardo se antecipou à marcação e desviou para a meta. A bola já ia entrando, mas Felippe Cardoso, em posição irregular, resolveu completar. O VAR entrou em ação e anulou o tento dos visitantes.

Apesar do susto, o Corinthians seguiu construindo boas jogadas e chegou ao segundo gol com Vagner Love. Após tabela entre Clayson e Jadson, o atacante saiu em ótimas condições, limpou a marcação e tentou duas vezes antes de balançar as redes e levar os donos da casa ao intervalo com uma ótima vantagem.

Corinthians cai de produção e sofre o amargo empate

Logo no começo do segundo tempo, Danilo Avelar sentiu um desconforto e deu lugar a Carlos Augusto. Frio na partida, o lateral-esquerdo propiciou espaço para o Ceará diminuir. Ricardinho lançou e Thiago Galhardo apareceu nas costas do jovem para marcar e diminuir a vantagem corintiana.

O gol dos visitantes mudou o cenário da partida. O Corinthians adotou uma postura mais retraída ao segurar os laterais, enquanto o Ceará, precisando da vitória, tomou a iniciativa, porém, pecou na criação. Diante desse cenário, Fábio Carille sacou Jadson e colocou Gustagol para renovar o gás da equipe em meio ao forte calor.

Após Ramiro entrar no lugar de Clayson, o Timão se retraiu ainda mais e foi castigado por isso. Aos 47 minutos, Leandro Carvalho viu Cássio se posicionar adiantado na pequena área, cobrou escanteio direto de três dedos e fez um lindo gol olímpico, decretando o 2 a 2 na Arena.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2X2 CEARÁ

Local: Arena do Corinthians, São Paulo (SP)
Data: 07 de setembro de 2019 (sábado)
Horário: 11h (de Brasília)
Público: 43.230 pagantes

Renda: R$ 2.888.967,30
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Rafael Trombeta (PR)
Cartões amarelos: Clayson (COR). Tiago Alves (CEA)
Gols: 
CORINTHIANS: João Lucas (contra), aos 22 minutos do 1ºT, e Vagner Love, aos 36 minutos do 1ºT.
CEARÁ: Thiago Galhardo, aos 14 minutos do 2ºT, e Leandro Carvalho, aos 47 minutos do 2ºT.

CORINTHIANS: Cássio; Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar (Carlos Augusto); Gabriel, Júnior,Urso, Jadson (Gustagol), Mateus Vital e Clayson (Ramiro); Vagner Love
Técnico: Fábio Carille

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Valdo e João Lucas; Fabinho, Ricardinho (William Oliveira) e Thiago Galhardo; Wescley (Leandro Carvalho), Lima (Felipe Baxola) e Felippe Cardoso.
Técnico: Enderson Moreira

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes