Corinthians e São Paulo jogam o Majestoso em Itaquera

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo, Corinthians e São Paulo disputarão o Majestoso no Estádio de Itaquera, em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além dos três pontos, estará em jogo um tabu a ser defendido pelo Timão: o de jamais ter sido derrotado pelo Tricolor na arena corintiana, que já recebeu quatro vezes o clássico.

No time alvinegro, o objetivo é tentar tirar proveito do período de incertas do São Paulo para alcançar a liderança do Brasileirão. A equipe que foi de Tite e é de Cristóvão Borges iniciou a rodada um ponto atrás (29 a 28) do Palmeiras, com compromisso duro contra o Internacional, no Beira-Rio, marcado para o mesmo horário.

Mesmo que não consigam ultrapassar o Palmeiras neste fim de semana, os comandados de Cristóvão Borges já estão satisfeitos por superar a desconfiança. “A gente sabia que a nossa equipe tinha condições de ficar no bolo. O time sempre falou que o importante era estar perto dos líderes, não deixar eles desgarrarem. Com quatro vitórias, você tem essa condição”, comentou o lateral direito Fagner.

As quatro vitórias consecutivas conquistadas por Cristóvão Borges se deram contra Santa Cruz, América-MG, Flamengo e Chapecoense. O novo treinador lamentou um revés só em sua estreia, contra o Atlético-MG, no Mineirão.

Diante do São Paulo, o otimismo dos torcedores para aumentar a série positiva é ainda maior em função do retrospecto em Majestosos disputados em Itaquera. O rival se tornou a grande vítima do estádio, com quatro derrotas – uma delas histórica, no jogo em que o Corinthians recebeu o troféu de campeão brasileiro de 2015, por um contundente 6 a 1.

“Mas, independentemente de ser contra o São Paulo, os três pontos são iguais. É claro que, por se tratar de um clássico, acaba tendo uma repercussão maior. Queremos repetir o bom desempenho. O gosto especial do clássico fica mais para a torcida”, desconversou Fagner.

Para agradar ao público que lotará as arquibancadas de Itaquera, Cristóvão estudou mudanças na formação titular do Corinthians. É provável que o meia Danilo, improvisado como centroavante, ganhe a vaga de Luciano, que tem destoado tecnicamente. Já o zagueiro Pedro Henrique, com a coxa esquerda lesionada, cederá lugar a Yago.

O São Paulo, por sua vez, buscará no Majestoso ao menos se aproximar dos líderes do Brasileirão, já que, segundo o técnico Edgardo Bauza, nem uma vitória sobre o maior rival amenizaria a “amargura” da recente eliminação na Copa Libertadores da América. Oitavo colocado, o Tricolor soma 21 pontos, apenas dois a menos do que o Santos, primeira equipe dentro do G4 do torneio nacional.

Para subir na tabela, no entanto, o time do Morumbi precisará superar uma atmosfera totalmente adversa, uma vez que o Estádio de Itaquera receberá apenas corintianos, e quebrar um tabu de nunca ter somado nem sequer um ponto na arena corintiana, inaugurada em 2014.

“Tentaremos ganhar, como sempre fazemos. Para mim, isso é no máximo estatística, que não podemos modificar. Vamos fazer uma boa partida e vamos ver se podemos quebrar essa estatística e ganhar”, minimizou o técnico Edgardo Bauza, ciente do atual foco dos tricolores.

“A intensidade do trabalho é sempre a mesma que peço aos atletas. É sempre um campeonato muito difícil pelas possibilidades que muitos têm de ganhar. Vamos focar para tentar chegar. Temos dois objetivos. Primeiro, ser campeão. E, segundo, classificar para a Libertadores”, acrescentou o treinador, que enfrentará problemas na montagem de sua equipe para o clássico.

Patón terá os desfalques dos lesionados Paulo Henrique Ganso e Kelvin, que serão substituídos por Christian Cueva e Ricardo Centurión, respectivamente. Além deles, Jonathan Calleri, já fora dos planos do clube, e Alan Kardec, encaminhado ao futebol chinês, estão fora do confronto. Assim, caberá a Ytalo fazer a função de centroavante.

FICHA TÉCNICA – CORINTHIANS X SÃO PAULO

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)

Data: 17 de julho 2016, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)

Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Guilherme Dias Camilo (MG)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Danilo

Técnico: Cristóvão Borges

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Centurión, Christian Cueva e Michel Bastos; Ytalo

Técnico: Edgardo Bauza

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes