Corinthians é dominado e perde para a Ponte Preta; veja os gols

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Corinthians foi completamente dominado pela Ponte Preta na tarde deste sábado, no Moisés Lucarelli. Atuando com um jogador a menos desde o princípio da partida, quando Balbuena recebeu o cartão vermelho, a equipe dirigida por Cristóvão Borges acabou derrotada por 2 a 0. Roger, no primeiro tempo, e Clayson, no segundo, marcaram os gols.

O resultado deverá distanciar o Corinthians, com 37 pontos ganhos, da ponta da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e ainda deixou a vaga na zona de classificação para a Copa Libertadores da América ameaçada. A Ponte totaliza 34 e, em boa fase, já começa a sonhar com a disputa do torneio continental no ano que vem.

Nesta semana, o Corinthians adiará momentaneamente a preocupação com a sua irregularidade nos pontos corridos para se concentrar na Copa do Brasil. A estreia na competição nacional de mata-mata será contra o Fluminense, na quarta-feira, em Edson Passos. Pelo Brasileiro, o time paulista enfrentará o Sport em 8 de setembro, em Itaquera.

Já a Ponte Preta terá compromisso no dia 7, diante do Flamengo, em Cariacica. Na Copa do Brasil, o time de Campinas iniciou o confronto com o Atlético-MG com um empate por 1 a 1 em Belo Horizonte e reverá o adversário somente em 21 de setembro, no Moisés Lucarelli.

O jogo – A Ponte Preta não demorou a perceber que teria facilidade para propor a partida dentro do Moisés Lucarelli. Já aos nove minutos, Roger foi lançado à frente da defesa adversária, apareceu diante de Cássio e só não abriu o placar porque o goleiro do Corinthians defendeu o chute com a perna.

A partir de então, o jogo passou a ser disputado apenas no campo de ataque da Ponte. Aos 18 minutos, a pressão rendeu uma grande vantagem para os donos da casa. Roger voltou a avançar em direção à área pelo meio e caiu ao encontro de Balbuena. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira resolveu expulsar o zagueiro paraguaio, para a revolta do Corinthians.

Com um jogador a mais, o panorama da partida ficou ainda melhor para a Ponte. Cristóvão Borges recompôs a sua zaga com a entrada de Pedro Henrique no lugar de Guilherme, que exercia a função de um falso centroavante e mal encostava na bola, conformando-se com o jogo de ataque contra defesa naquele momento.

Aos 35 minutos, a Ponte Preta marcou o seu primeiro gol. Cristian desviou para o alto um cruzamento vindo da esquerda, e a bola sobrou limpa para Roger empurrar para dentro já na pequena área.

Com a sua torcida em êxtase, a Ponte fez o possível para ampliar o marcador ainda na etapa inicial. Aos 41 minutos, Clayson tirou proveito de um rebote e soltou o pé de média distância, acertando a trave de um já abatido Cássio. “Precisamos nos organizar. Com um a menos, é complicado”, lamentou o goleiro, no intervalo.

Para organizar o Corinthians, Cristóvão recorreu a Romero no posto de um muito apagado Marquinhos Gabriel no segundo tempo. Antes de a bola rolar, os jogadores também cobraram o árbitro Luiz Flávio de Oliveira, ainda indignados com o cartão vermelho mostrado a Balbueba.

Não adiantou. Logo aos cinco minutos, a Ponte Preta mexeu no placar outra vez. Rhayner fez uma boa enfiada de bola para Clayson, que girou na frente de Pedro Henrique e concluiu no ângulo oposto, marcando um golaço no Moisés Lucarelli.

O Corinthians se mostrou resignado com a derrota já àquela altura. Sem esboçar qualquer reação, a formação visitante assistia calmamente à troca de passes da Ponte Preta, ritmada por gritos de “olé”. Cristóvão, então, gastou a sua última ficha – Lucca na vaga do apático Rodriguinho.

A alteração não mudou a passividade do Corinthians, que permanecia acomodado, como se vencesse a partida. A Ponte Preta também não tinha mais motivos para se esforçar. Com o resultado positivo assegurado, o técnico Eduardo Baptista trocou Roger, Abuda e Rhayner por William Pottker, Matheus Jesus e Léo Cereja e só esperou o tempo passar.

FICHA TÉCNICA – PONTE PRETA 2 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 27 de agosto de 2016, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Público: 8.259 pagantes
Renda: R$ 229.720,00
Cartões amarelos: Roger, Clayson (Ponte Preta); Romero (Corinthians)
Cartão vermelho: Balbuena (Corinthians)
Gols: PONTE PRETA: Roger, aos 35 minutos do primeiro tempo, e Clayson, aos 5 minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; Abuda (Matheus Jesus), Wendel, Rhayner (Léo Cereja), Thiago Galhardo e Clayson; Roger (William Pottker)
Técnico: Eduardo Baptista

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian, Elias, Marquinhos Gabriel (Romero), Rodriguinho (Lucca) e Marlone; Guilherme (Pedro Henrique)
Técnico: Cristóvão Borges

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes