Corinthians consegue empate diante do Fluminense no Rio; veja os gols

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Corinthians não tinha o seu time ideal e esteve longe de fazer um grande jogo na noite desta quarta-feira, no estádio de Edson Passos, em Mesquita (RJ), mas conseguiu um bom resultado diante do Fluminense, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Após sair atrás com gol de Marquinho, em falha de Cássio, os paulistas correram atrás e Rodriguinho selou o empate por 1 a 1.

Com o resultado conquistado na casa do adversário, o Timão vai iniciar o duelo da volta classificado, pois passa com um empate por 0 a 0. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis, enquanto de 2 a 2 para a cima, a vaga fica com os cariocas. Se houver ganhador, este se classifica.

O jogo de volta entre as duas equipes está marcado para o dia 21 de setembro, às 21h45 (de Brasília), no estádio de Itaquera. A próxima vez que ambos entram em campo, no entanto, será no meio da próxima semana: enquanto o Flu faz um clássico contra o Botafogo, na quarta, o Timão recebe o Sport, na quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), em Itaquera.

Domínio sem chances e falha feia de Cássio

O Corinthians foi praticamente senhor do primeiro tempo da partida disputada no estádio de Edson Passos, em Mesquita (RJ), dominando a posse de bola e passando a maior parte do tempo na faixa intermediária do seu ataque, aproveitando a movimentação dos quatro meias: Rodriguinho, Marquinhos Gabriel, Marlone e Guilherme. Nenhum deles, porém, foi o elemento surpresa esperado para um esquema de “falso 9”, sem criar chances claras.

Do outro lado, o Fluminense apresentava um time pouco combativo na marcação, principalmente nas alas. Wellington e Gustavo Scarpa dificilmente acompanhavam as subidas de Léo Príncipe e Uendel, respectivamente, dando ao Alvinegro sempre a superioridade nas jogadas de linha de fundo. Sem muito capricho, no entanto, os ataques invariavelmente terminaram em tentativas de fora da área.

Coube aos donos da casa, então, usar de sua melhor qualidade técnica para ir ao intervalo em vantagem. Na melhor chance da etapa inicial, aos 18 minutos, Gustavo Scarpa aproveitou uma desatenção da defesa corintiana e arriscou de fora da área. A bola passou rente ao travessão do goleiro Cássio, que só acompanhou.

Depois, no entanto, o goleiro visitante acabou ajudando outra tentativa do camisa 40 tricolor. Em cruzamento pelo lado esquerdo, Scarpa levantou a bola na pequena área, na altura da segunda trave. Cássio saiu e tentou socar, mas deu apenas um tapa na bola, para o meio da área. Livre de marcação e sem goleiro, Marquinho teve tranquilidade para chutar com o pé direito e abrir o placar.

Com atacante, Timão melhora

O técnico Cristóvão Borges gostou da atuação do seu time no primeiro tempo, mas fez uma constatação quase evidente para quem acompanhou o primeiro tempo: precisava de um atacante para que as jogadas se tornassem mais verticais. Lucca foi o escolhido para entrar na vaga de Guilherme. Logo de cara, sofreu falta na entrada da área e, aos cinco minutos, ele próprio bateu a infração, mandando rente à trave direita de Cavalieri.

A mexida pareceu animar também os companheiros de ataque, que passaram a chegar em maior número no campo de ataque, entrando, enfim, na área do adversário. Foi a deixa para aparecer Rodriguinho, aos 18 minutos, como a sonhada “surpresa” da equipe. Léo Príncipe foi quem roubou a bola no campo de ataque e, ao levantar a cabeça, viu Rodriguinho entrando livre pela esquerda. O defensor tocou por cima da zaga para o armador, que dominou bem e, na entrada, chutou de esquerda, sem chances para Cavalieri.

Até o encerramento da partida, o Corinthians poderia ter melhorado ainda mais o resultado, mas não pareceu tão disposto a isso. Cristóvão optou por alterações defensivas, colocando Giovanni Augusto e Willians em campo nas vagas de Marlone e Camacho. Ainda assim, Lucca teve a chance da vitória, aos 43 da etapa final, em contra-ataque puxado por Marquinhos Gabriel. Destoando de sua boa atuação, no entanto, o atacante prendeu demais a bola e chutou em cima da zaga, selando o empate.

FICHA TÉCNICA – FLUMINENSE 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: Data: 31 de agosto de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Cícero, Wellington e Marcos Júnior (Fluminense); Lucca, Cássio e Giovanni Augusto (Corinthians)
Gols:
FLUMINENSE: Marquinho, aos 37 minutos do primeiro tempo
CORINTHIANS: Rodriguinho, aos 18 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero, Gustavo Scarpa, Maquinho (Danilinho) e Wellington; Henrique Dourado (Marcos Júnior)
Técnico: Levir Culpi

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian, Camacho (Willians), Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone (Giovanni Augusto); Guilherme (Lucca)
Técnico: Cristóvão Borges

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes