Contraprova de doping de Gonzalo Carneiro comprova presença de metabolito de cocaína

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O exame de contraprova do atacante Gonzalo Carneiro, do São Paulo, ratificou a presença de um metabolito de cocaína no organismo do jogador. De acordo com a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) o jogador registrou a presença de benzoilecgonina.

Gonzalo Carneiro está suspenso preventivamente de qualquer atividade profissional. Ele agora irá aguardar o julgamento, que pode levar entre 5 a 6 meses para acontecer.

O atacante uruguaio foi pego em exame feito pelo controle de doping da Federação Paulista de Futebol, aprovado pela ABCD.

O jogo em questão foi contra o Palmeiras no Pacaembu, na primeira fase do Paulistão, no dia 16 de março – ele jogou os 90 minutos, e o Tricolor perdeu por 1 a 0.

Próximos passos de Carneiro:

  1. O julgamento do jogador agora será marcado, e esse período pode ser de aproximadamente cinco ou seis meses. O tempo de espera se dá porque o Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD) é responsável por julgar todas as modalidades esportivas do Brasil e tem alta demanda;
  2. A última punição no Brasil pelo uso de cocaína foi de Diogo Vitor, do Santos. Ele recebeu gancho de dois anos longe do futebol.

O uruguaio foi contratado pelo São Paulo em abril do ano passado e assinou com o clube até 31 de março de 2021. O São Paulo pagou ao Defensor Sporting, do Uruguai, 800 mil dólares (R$ 2,6 milhões na cotação da época) por 50% dos direitos de Gonzalo Carneiro.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes