Com duas decisões pela frente, Santos treina em “duas vias” no CT Rei Pelé

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Com duas decisões pela frente, o Santos treinou na manhã desta terça-feira, no CT Rei Pelé, em “duas vias”. Enquanto os reservas fizeram trabalho tático, visando a partida desta quinta-feira, contra o Santos-AP, na Vila Belmiro, pela Copa do Brasil, os titulares trabalharam em campo reduzido, como preparação para o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, contra o Audax, em Osasco, no próximo domingo.

Em um primeiro momento, apenas os suplentes vieram a campo. Depois do aquecimento, com corrida em volta do gramado, eles se separaram em dois times para treino tático, sem goleiros. Os “gols” eram feitos entre pequenos cones.

O time que deve enfrentar o Santos-AP teve Igor, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Caju; Alison, Rafael Longuine, Elano e Ronaldo Mendes; Paulinho e Joel. Já o segundo grupo contou com Daniel Guedes, Cassius, Gabriel Vidal e Ourinho; Fernando Medeiros, Leandrinho e Serginho; Neto Berola, Maxi Rolón e Lucas Crispim.

Elano deve ser titular pela primeira vez, contra o “xará” do Amapá, desde que voltou ao Alvinegro, em janeiro, para atuar como meia. Daniel Guedes, recuperado de inflamação nas tíbias, treinou normalmente. Os zagueiros Cassius e Gabriel Vida, e o lateral-esquerdo Ourinho, do Santos B, compuseram a atividade.

Já na parte final do treinamento, os titulares deixaram a academia e apareceram no gramado. A ausência foi David Braz, que torceu o tornozelo esquerdo contra o Palmeiras, no último domingo, e agora faz sessões de fisioterapia em dois períodos para acelerar a recuperação.

Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Zeca, Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno, Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira tinham que manter a bola em campo reduzido, com apenas dois toques.

Por fim, titulares e reservas se juntaram para um mini-coletivo. Quem desse mais de cinco passes consecutivos poderia finalizar a gol. Alguns atletas, como Caju, Rafael Longuine e Ronaldo Mendes, que enfrentarão o Santos-AP, treinaram bola parada.

Antes do treinamento começar, todo o elenco foi vacinado contra a gripe H1N1, em um auditório no CT Rei Pelé. O Peixe volta a treinar na tarde desta quarta-feira, última atividade antes da partida contra o time do Amapá, na quinta, às 21h30 (de Brasília), pela primeira fase da Copa do Brasil. Depois de empate por 1 a 1 em Macapá, o Alvinegro da Vila Belmiro precisa empatar por zero a zero ou vencer por qualquer placar para avançar.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes