Cássio destaca crescente do São Paulo e não vê favorito na final

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Corinthians e São Paulo fazem o primeiro confronto da grande final do Campeonato Paulista neste domingo, ás 16 horas (de Brasília), no Morumbi. Se o Tricolor Paulista vem de duas vitórias sobre o Ituano nas quartas e a classificação para cima do Palmeiras em pleno Allianz Parque, o Timão sofreu para eliminar a Ferroviária e foi dominado pelo Santos, avançando nos pênaltis em ambas as oportunidades.

Principal nome do Corinthians na classificação diante do Peixe ao fazer grandes intervenções no tempo normal, o líder do elenco Cássio admitiu o desempenho aquém das expectativas do time comandado por Fábio Carille, mas lembrou que o Timão segue vivo em todos os mata-matas da temporada para elucidar que a equipe tem seus méritos.

“Temos que melhorar, a gente sabe que foi um pouco abaixo neste jogo, temos que melhorar e vamos melhorar. Não podemos achar que fizemos um jogo abaixo e está tudo errado. Passamos na Copa do Brasil, passamos do campeão argentino na Copa Sul-Americana, chegamos na terceira final de Paulistão e não temos nenhum mérito? Jogamos abaixo, mas são duas partidas, fomos muito superiores no primeiro jogo. Se equiparou. O Santos foi melhor no segundo, foi para os pênaltis e tivemos a felicidade de chegar à final”, disse.

No confronto diante do São Paulo pela primeira fase do Campeonato Paulista, ainda no dia 17 de fevereiro, o Corinthians levou a melhor diante de um adversário que vinha de uma recente eliminação na fase preliminar da Copa Libertadores e não vencia há três jogos. Hoje, o rival chega para o Majestoso com moral, de técnico novo e após eliminar o Palmeiras fora de casa. Essa crescente foi usada por Cássio para destacar que não existe um favorito na decisão estadual.

“Equipe bem diferente da que enfrentamos, hoje tem novo treinador (Cuca), bem vitorioso, uma equipe bem diferente. Se chegou à final, tem seus méritos, passou por momentos difíceis e superou. Será uma grande final, temos respeito pelo São Paulo, mas vamos em busca de mais um título. O São Paulo evoluiu, botou meninos da base, mas temos que fazer o melhor para nós. Quando você se preocupa muito com o adversário, acaba não se preparando bem”, disse o goleiro.

“Não tem favorito, as duas equipes chegaram na final por pênaltis, cada ano é um final diferente. Vamos enfrentar uma equipe com mentalidade diferente, temos respeito, mas vamos em busca de duas vitórias. Teve momentos de instabilidade lá atrás, mas respeitamos. Já ganhamos quando não éramos favoritos e já perdemos quando éramos”, completou.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes