Britânico fez travessia do Pacífico a remos em 209 dias

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O britânico John Beeden, de 53 anos, concluiu este domingo a travessia inédita, sem escalas, do oceano Pacífico, entre São Francisco, nos Estados Unidos, e Cairns, na Austrália. A viagem demorou-lhe 209 dias, informou uma estação televisiva local que acompanhou a chegada deste aventureiro a solo australiano a bordo do Happy Socks, a sua embarcação a remo, encarnada e com seis metros de comprimento.

Beeden, que vive actualmente no Canadá, já tinha em 2011 cruzado o oceano Atlântico a remo, desde as ilhas Canárias até Barbados, em 53 dias.  “Ser a primeira pessoa a conseguir um feito desta dimensão é realmente incrível, mas, ainda não assimilei” o facto, admitiu Beeden, que partiu de São Francisco a 1 de Junho e remou cerca de 15 horas por dia com o objectivo de chegar à Austrália em meados de Novembro. As condições adversas acabaram no entanto por o atrasar um mês, o que não retirou brilho ao seu feito.

À sua espera estava a mulher, Cheryl, que o descreveu à BBC como uma “pessoa espantosa”, que reage às adversidades no mar remando sempre, até conseguir o objectivo. Beeden, adiantou, prometeu-lhe que tão cedo não se mete noutra aventura, mas a companheira já disse estar preparada para lhe “refrear os ânimos”, pois ele não pára, admite.

John Beeden não foi o primeiro a cumprir este percurso, mas fica, para já, com o registo do melhor tempo. Em 1982, o também britânico Peter Bird cumpriu a mesma travessia, mas após 294 dias teve de ser resgatado junto à costa australiana.

Fonte: UOL

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes