Brasil faz dobradinha no Mundial de skate street

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Brasil confirmou o status de potência no skate street. Neste domingo, a brasileiro Pamela Rosa, líder do ranking, deu show para as seis mil pessoas que estiveram na pista montada no Anhembi, em São Paulo, e ficou com o título do Campeonato Mundial, enquanto a compatriota Rayssa Leal, de apenas 11 anos, levou o vice.

Rayssa liderou a prova até a quinta rodada, quando Pamela conseguiu um 7,8, a melhor nota da final, e assumiu a liderança. Na última tentativa, a jovem tentou passar a rival, mas caiu e não conseguiu. As duas comemoraram muito o resultado.

Deste o modo, o título volta para o domínio do Brasil depois de três anos. Em 2015, Letícia Bufoni havia sido campeã, mas nos três anos posteriores acabou ficando com o vice-campeonato.

O skate estreia no programa olímpico nos Jogos de Tóquio 2020, com as modalidades street e park. O ranking mundial é uma das formas de classificação, assim, Pamela, que é a líder, e Rayssa, segunda colocada, estão próximas de cravar presença no evento para representar o Brasil em um dos esportes que geram mais expectativa de medalha ao país.

No masculino, o Brasil bateu na trave. Kelvin Hoefler terminou na quarta posição, a 0,2 do português Gustavo Ribeiro. O americano Nyjah Huston conquistou o ouro, enquanto o japonês Yuto Horigome assegurou a prata.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes