Brasil enfrenta a Coreia do Sul em Abu Dhabi

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Sem vencer há cinco jogos, a Seleção Brasileira volta a campo nesta terça-feira, contra a Coreia do Sul, no último amistoso da temporada. A partida será realizada em Abu Dhabi e será a chance do Brasil acabar com o jejum de vitórias sob o comando do técnico Tite.

O pensamento dos jogadores é de conseguir a vitória sobre os coreanos para terminar o ano com mais tranquilidade. O zagueiro Marquinhos destacou a importância da partida, mas lembrou que a Seleção conquistou a Copa América no meio do ano.

“Com certeza vamos conseguir reverter essa situação. É um período de testes. Em competições, tivemos um bom respaldo. Nas Eliminatórias fomos primeiro, na Copa do Mundo não foi como esperávamos, e na Copa América fomos campeões. Tenho certeza que em 2020 vamos buscar esse alto nível, ter um padrão de atuação e conseguir os resultados”, disse.

O lateral esquerdo Renan Lodi saiu em defesa do treinador e afirmou que os jogadores vão em busca do resultado positivo para dedicar a Tite.

“Estamos trabalhando para que essa vitória venha. Tenho certeza que vai ser totalmente diferente do que foi contra a Argentina. A vitória será para ele, que está apoiando todo mundo, é um pai para todo mundo. Essa vitória vai chegar”, declarou.

Para esta partida, Tite vai fazer algumas alterações na equipe titular. Por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, Alex Sandro será substituído por Renan Lodi. O treinador também vai promover a entrada de Marquinhos. O zagueiro substituíra seu companheiro de PSG, Thiago Silva.

No meio, Casemiro e Willian serão substituídos por Fabinho e Phillipe Coutinho. Já no ataque, Richarlison vai iniciar o jogo no lugar de Roberto Firmino.

Do outro lado, a Coreia do Sul vai a campo após empatar com o Líbano pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Sob o comando de Paulo Bento, os coreanos tentam a recuperação diante da Seleção. O comandante português afirmou que não vai mudar a postura da equipe neste amistoso.

“É claro que, dependendo do oponente, você pode fazer algumas mudanças na estratégia, mas basicamente estamos preparados para jogar nossos jogos o máximo possível, sem sermos afetados pelo fator casa”, disse.

Os brasileiros sabem que têm que de ficar de olho no atacante Son, jogador do Tottenham-ING.

“Acho que o jogador mais perigoso deles é o Son. É o principal nome deles. Um cara rápido, que tem drible e boa finalização. Temos que tomar cuidado com ele”, finalizou Renan Lodi.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X COREIA DO SUL

Local: estádio Mohammed bin Zayed, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos)
Data: 19 de novembro de 2019, terça-feira
Hora: 10h30 (de Brasília)
Árbitro: Ammar Al Jeneibi (EAU)
Assistentes: Ahmed Al Rashidi (EAU) e Jassem Abdulla Al Ali (EAU)

BRASIL: Alisson, Danilo, Marquinhos, Eder Militão e Renan Lodi; Fabinho, Arthur e Paquetá; Gabriel Jesus, Phillipe Coutinho e Richarlison
Técnico: Tite

COREIA DO SUL: Kim Seunggyu, Lee Yong, Kim Jinsu, Kim Minjae e Hwang Inbeom; Jung Wooyoung, Nam Taehee, Hwang Uijo e Lee Jaesung; Son Heungmin e Kim Younggwon
Técnico: Paulo Bento

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes