Banco quer abertura de 50 mil contas para mudar cor de logotipo na camisa do Corinthians

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Patrocinador máster do Corinthians, o banco BMG aceitou a sugestão da torcida e está disposto a mudar as cores de logotipo na camisa do Timão. Mas impôs uma condição…

Ainda com poucas contas abertas no banco digital “Meu Corinthians BMG”, que teve cerca de 30 mil em 2019 e mais 13.800 até agora em 2020, a instituição financeira colocou uma meta para abandonar o laranja: um mínimo de 50 mil novas contas gratuitas abertas entre 5 e 31 de julho.

Como incentivo, o banco dará R$ 10 aos novos correntistas — além dos R$ 20 destinados ao Corinthians. Caso 50 mil novas contas sejam de fato abertas, o clube receberá R$ 1 milhão.

Pelo patrocínio, é bom lembrar, o clube recebe R$ 12 milhões por temporada e mais um valor que varia de acordo com as movimentações dos clientes do banco digital.

A resposta parcialmente positiva pode ser vista como uma vitória para os torcedores ativos em redes sociais, que fizeram a campanha #BMGemPretoeBranco tomar conta do Twitter desde a noite do último domingo, depois de a nova camisa ser lançada pela Nike.

Corinthians e BMG são parceiros desde o início de 2019 e, durante todo o período, o patrocinador sempre usou o laranja nas camisas de jogo. Um modelo com tons monocromáticos até foi comercializada pelo clube para torcedores, mas não houve aval das marcas para a sua utilização.

Benefícios e outros clubes

A conta digital é gratuita e pode ser aberta a partir do download do aplicativo Meu Corinthians BMG.O correntista ganha um cartão exclusivo e personalizado com o símbolo do Corinthians e tem acesso a um banco com saques e transferências gratuitas, cashback no uso do cartão de débito ou crédito e investimentos diretamente pelo app.

Além disso, os correntistas têm R$ 25 de voucher para comprar a nova camisa do Corinthians.

Mudar a cor de sua marca para agradar um time não é novidade para o BMG. Um exemplo é 2012, quando o banco aceitou estampar seu logo na camisa azul do Santos em tons de preto. À época, o banco entendeu que pela cor da camisa três, o laranja, de fato, não ficaria bom.

No Twitter, torcedores de Vasco e Atlético-MG, outros clubes que também são patrocinados pelo banco mineiro, também iniciara movimentos para tentar mudas as cores no uniforme dos clubes.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes