Andrés Sanchez trata como ‘ridículo’ o retorno de Tevez ao Corinthians em 2016

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O superintendente de futebol do Corinthians e deputado federal Andrés Sanchez tratou como “ridículo” o retorno de Carlitos Tevez ao Parque São Jorge em 2016. Segundo o dirigente, ninguém no clube discute a possibilidade de contratar o argentino do Boca Juniors. “Ele chegou no Boca há dois meses. É até ridículo falar disso agora. Nunca foi falado o nome do Tevez. Não tem nenhuma negociação nem previsão”, disse Sanchez.

Em entrevista publicada nesta sexta-feira no jornal Diário de S.Paulo, o diretor financeiro do clube, Emerson Piovesan, afirmou que a compra de Tevez “é viável”. A declaração deixou Andrés Sanchez irritado e o dirigente chegou a dizer que Piovesan deveria limitar-se a cuidar das finanças do clube, sem interferir no departamento de futebol.

“Ele falou isso pensando no lado torcedor. Se perguntarem para mim se eu quero o Tevez, vou dizer que sim, da mesma maneira que toda a torcida do Corinthians quer. Mas cada um tem de ficar na sua praia. O financeiro cuida do financeiro, o diretor de futebol comanda o futebol e o administrativo é responsável pelo administrativo. E assim vamos tocando a vida”, afirmou Andrés Sanchez.

Segundo o dirigente, o Corinthians não tem condições de contratar um jogador do patamar de Tevez. O argentino recebe US$ 200 mil por mês no Boca Juniors, o equivalente a R$ 800 mil. “O Corinthians está com problemas financeiros, não podemos pensar em Tevez. É um grande jogador, tem uma história muito bonita no Corinthians, mas não estamos pensando em jogadores do nível dele. Infelizmente nesse momento não podemos pensar nisso”, completou.

Fonte: Estadão

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes