Empresa de Botucatu cria dispositivo para espantar pombos de residências e edificações

Você sabia que os pombos são considerados uma das piores pragas urbanas? A presença do pombo pode ser considerada um problema ambiental, pois compete por alimento com as espécies nativas, danifica monumentos com suas fezes e pode transmitir doenças ao homem. Até recentemente, 57 doenças eram catalogadas como transmitidas pelos pombos, como histoplasmose, salmonella e criptococose.

Uma empresa de Botucatu, a Robotx, criou o HTX MAXX, um dispositivo composto de um reator e componentes acessórios, que é capaz de gerar pulsos eletromagnéticos que repelem os pombos, uma vez que cria uma alteração de campo magnético local, causando desconforto e desorientação dessas aves, sem feri-las. Expostas a essa condição, as aves buscam outro local para sua permanência.

Um exemplo de uma edificação antes e depois de instalar o dispositivo HTX MAXX

O produto é indicado para indústrias, comércios, residências, agronegócio e muito mais. Entre quinze e trinta dias é percebida a desistência de permanecer naquela instalação. Assim, as aves migram em um curto período de tempo, restabelecendo o controle do local.


Informações
Telefone: (14) 3361-1101

Site: www.robotx.com.br
Facebook: @espantapombos

Instagram: @espantapombos

Leia Notícias

Scroll Up