Emissão de green cards nos EUA sobe a níveis pré-pandemia

O número de imigrantes que conquistaram o cobiçado status de residente permanente nos Estados Unidos aumentou no ano passado para níveis pré-pandemia, segundo uma análise do Pew Research Center a partir de dados do governo divulgada nesta segunda-feira.

O número de green cards emitidos para imigrantes que já se encontravam nos Estados Unidos subiu acima dos níveis pré-pandemia. Aqueles emitidos para recém-chegados também aumentaram, embora sem atingir os níveis anteriores.

Cerca de 280.000 pessoas receberam green cards entre julho e setembro de 2021, último trimestre do ano fiscal, segundo dados do Escritório Federal de Estatísticas sobre Imigração. Esse é o número mais alto desde o trimestre de abril a junho de 2017.

Ponte internacional de Gateway em Brownsville, Texas, EUA (Foto: Reprodução)

Durante a pandemia, o número de green cards emitidos caiu para um mínimo trimestral de 79.000 em meados de 2020.

A chegada de turistas, empresários, trabalhadores, estudantes estrangeiros e outros imigrantes legais temporários também aumentou, segundo dados do último trimestre do ano fiscal de 2021, que terminou em 30 de setembro. No entanto, ainda são muito inferiores às médias pré-pandemia.

Sobre os recém-chegados aos Estados Unidos, o número subiu de 19 mil green cards no começo da pandemia (de abril a junho de 2020) para 105 mil de junho a setembro de 2021. Para os imigrantes que já estavam no país, essa cifra passou de cerca de 60.000 para 177.000 no mesmo período.

Fonte: Yahoo!

Últimas

Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 65 milhões

21/05/2022

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.483 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (21) no Espaço...

Categorias