Ecclestone paga dívidas e Lotus disputará GP de Abu Dhabi

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O presidente e chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, precisou intervir na caótica situação da Lotus para garantir a participação da equipe no circuito final do campeonato, em Abu Dhabi, segundo o portal Autosport.

Devido aos detalhes do retorno da Renault ao controle da equipe, muitos atrasos em pagamento de contas aconteceram. Um dos relatos é que no Autódromo de Yas Marina, funcionários da Lotus ficaram presos, assim como os equipamentos da escuderia, no aeroporto de Abu Dhabi, esperando o transporte para a pista.

Por causa disto, Ecclestone pagou as contas atrasadas, permitindo que o staff finalmente pudesse desfazer as malas, nesta quinta-feira pela manhã, e começar a trabalhar dois dias atrasados no calendário.

“Teremos que trabalhar duro e mais rápido do que o de costume, mas nosso pessoal é muito forte. Estão acostumados com isso, então não deverá ser problema. Obviamente é complicado chegar a cada corrida e ter algo novo, mas é uma coisa que temos. Precisamos dar o nosso melhor”, declarou Pastor Maldonado, piloto da Lotus.

“Espero que na próxima temporada possamos resolver esse tipo de problema que causa tensão e pressão para todos”, completou.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes