Dupla de jogadores da NFL é acusada de praticar assalto a mão armada nos EUA

Enquanto as atenções do mundo estão voltadas para a pandemia do novo coronavírus, dois jogadores da NFL se meteram em uma tremenda confusão. Segundo o site americano TMZ, os cornerbacks DeAndre Baker (foto), do New York Giants, e Quinton Dunbar, do Seattle Seahawks, estão sendo acusados de terem praticado um assalto a mão armada nos Estados Unidos. Já foi expedido um mandado de prisão para ambos. Baker tem um salário médio de US$ 2,6 milhões (R$ 15 milhões), enquanto Dunbar ganha US$ 1,9 milhão (R$ 11 milhões) por ano.

O crime teria acontecido na última quarta-feira em Miramar, na Flórida. Os dois estavam em uma festa, quando Baker teria se desentendido com convidados e sacado uma pistola semi-automática, levando em torno de US$ 7 mil (R$ 40 mil) em dinheiro e diversos relógios, incluindo um Rolex avaliado em US$ 18 mil (R$ 104 mil).

Segundo testemunhas, a briga teria iniciado após Baker discutir com outra pessoa durante um jogo de cartas. Na discussão, os dois jogadores teriam virado a mesa, e o atleta do New York Giants sacou a arma, instruindo Dunbar a pegar o dinheiro e os relógios.

Quinton Dunbar teria pego dinheiro e o relógio roubado na festa — Foto: Scott Taetsch/Getty Images
Quinton Dunbar teria pego dinheiro e o relógio roubado na festa (Fotos: Reprodução)

Não é de hoje que a dupla se mete em confusão. Baker tem quatro acusações de assalto a mão armada e outros quatro registros de agressão com arma de fogo. Já Dunbar, tem um assalto a mão armada registrado em sua ficha criminal.

Fonte: G1