Duas pessoas morrem e duas ficam feridas após colisão na rodovia SP-310

Ônibus bateu na traseira de um caminhão (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)

Um acidente entre um ônibus e um caminhão na Rodovia Washington Luís (SP-310), em Itirapina (SP), matou duas pessoas e deixou outras duas feridas em estado grave, na madrugada desta terça-feira (15).

Segundo a Polícia Rodoviária, o acidente aconteceu por volta das 4h no km 204. As duas pessoas feridas foram socorridas para a Santa Casa de São Carlos. O hospital informou que as vítimas passaram por avaliação, mas não correm risco de morte.

Os demais passageiros que não se feriram foram levados para um posto de combustível no km 203. O G1 entrou em contato com a empresa de ônibus Guerino Seiscento, mas nenhum responsável foi encontrado para falar sobre acidente.

Acidente

O ônibus saiu de Assis, parou em Marília e depois em São Carlos, onde 11 passageiros desceram na rodoviária. Trinta pessoas continuaram a viagem com destino a Campinas. Segundo a polícia, o tacógrafo indicou uma velocidade de 90km/h antes da batida.

Caminhão foi atingido pelo ônibus (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)
Caminhão foi atingido pelo ônibus (Foto: Felipe Lazzarotto/EPTV)

Na altura do km 204 o motorista perdeu o controle da direção da direção e bateu na traseira de um caminhão que carregava três peças, com cerca de duas toneladas cada, para uma usina.

Com a força do impacto, uma das peças foi parar dentro do ônibus, atingindo o motorista e uma passageira que estava em um dos bancos da frente. Ambos morreram na hora.

O caminhoneiro Ademir Evaristo, que iria fazer a entrega em Piracicaba, disse que as peças estavam amarradas e que tudo aconteceu muito rápido. “Eu só tentei tirar para o acostamento. Eu não sei se ele [o motorista do ônibus] se assustou para o outro lado para cair na ribanceira”, disse.

A aposentada Ilka Rocha de Jesus estava na poltrona 19. “A gente tem que agradecer a Deus a todo momento. Mesmo acontecendo tudo isso, não teve mais mortes porque foi uma pancada muito violenta”, relatou.

Resgate

Equipes do Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da concessionária Centrovias foram acionadas para prestar atendimento às vítimas e também auxiliar os motoristas.

A pista sentido capital ficou parcialmente interditada e o trânsito chegou a 1 km de lentidão. Duas peças que caíram do caminhão já foram recolhidas da via.

“Aparentemente o local estava bem visível, não chovia no momento e a pista estava liberada, não havia obras no momento”, disse Marcelo Silva, coordenador de tráfego da concessionária Centrovias.

Por causa do susto, o caminhoneiro disse não quer mais viver do trabalho na estrada. “A vida da gente é isso aí, não tem mais como. Eu parei, é muito perigoso”, disse, emocionado.

 

Fonte: G1

Scroll Up