Doria reavalia liberação do uso de máscaras após confirmação da variante ômicron em SP

Após a confirmação de dois casos da variante ômicron do coronavírus em São Paulo nesta terça-feira (30), o governador João Doria (PSDB) solicitou uma nova avaliação do Comitê Científico do governo estadual sobre a liberação do uso de máscaras em ambientes abertos.

Mesmo sem atingir as metas estipuladas de redução de indicadores da pandemia, a gestão Doria havia anunciado na última quarta-feira (24) o fim da obrigatoriedade do item de proteção ao ar livre a partir de 11 de dezembro. O uso das máscaras continuaria obrigatório apenas em ambientes fechados e no transporte público.

“O nosso parâmetro sempre foi o cenário epidemiológico em São Paulo. E, por isso, precisamos saber o impacto da nova variante com a flexibilização do uso de máscaras em espaços abertos. É necessário ter cautela e avaliar esse novo elemento. O nosso compromisso é com a saúde da população”, disse Doria nesta terça.

O novo parecer deve ficar pronto na próxima semana, após reunião do grupo, que é formado por médicos.

O estado de São Paulo tem atualmente 75,8% da população com esquema vacinal completo, ou seja, com duas doses do imunizante do Butantan/Coronavac, da Fiocruz/Astrazeneca/Oxford e Pfizer/BioNTech, além da dose única da Janssen. Se considerada apenas a população adulta, o estado tem 93,7% das pessoas vacinadas.

Fonte: G1

Scroll Up