Dólar fecha em queda, mas cautela com cena política permanece

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Depois de subir nos três pregões anteriores, o dólar fechou em queda frente ao real nesta terça-feira (6), abaixo de R$ 3,28, com o mercado aguardando o início do julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A moeda norte-americana caiu 0,35%, a R$ 3,2765 na venda. Na máxima, marcou R$ 3,3025 e, na mínima, de R$ 3,2730.

O dólar chegou a abrir em alta, ainda com a cautela com o cenário político, mas quando atingiu o nível de R$ 3,30, muitos investidores enxergaram boa oportunidade para vender, destaca a agência Reuters. A volta do Banco Central ao mercado de câmbio também contribuiu para movimento de queda.

“Pelo que temos visto, o dólar tem obedecido a uma banda de 3,25 a 3,30 reais”, afirmou à Reuters o operador da corretora H.Commcor, Cleber Alessie Machado.

O BC vendeu nesta sessão 8,2 mil swaps cambiais tradicionais – equivalente à venda futura de dólares – para a rolagem dos contratos que vencem julho. Com isso, rolou o equivalente a US$ 410 milhões do total para o mês que vem, de US$ 6,939 bilhões. Se mantiver esse ritmo até o final do mês e vender sempre todos os swaps, rolará integralmente o vencimento de julho. A rolagem de junho também foi integral, equivalente a US$ 4,435 bilhões.

Cenário político

Nesta noite, terá início o julgamento da chapa Dilma-Temer pelo TSE, que pode resultar em vários cenários, inclusive na saída do presidente. Para os investidores, o importante é que as reformas trabalhista e da Previdência continuem andando no Congresso Nacional. Por essa razão, estavam atentos à votação da reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, marcada para esta sessão.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes