Dólar fecha em alta e se aproxima de R$ 4,21 por temores com coronavírus

O dólar subiu nesta segunda-feira (27), num dia de ampla aversão a risco nos mercados globais diante do crescente medo relacionado à propagação do coronavírus na China.

A moeda norte-americana avançou 0,60%, a R$ 4,2092. Na máxima do dia, chegou a R$ 4,2313. É o maior patamar de fechamento desde 2 de dezembro do ano passado (R$ 4,2157).

“As preocupações com saúde pública pesam sobre o apetite por risco e ditam perdas nas ações, enquanto os Treasuries e o dólar têm desempenho superior”, resumiram estrategistas do Morgan Stanley em nota a clientes, segundo a Reuters.

Na sexta-feira, a moeda norte-americana subiu 0,43%, a R$ 4,1839. No acumulado do ano, a alta é de 4,97%.

Fonte: G1

Scroll Up