Cultura de Botucatu divulga agenda do Teatro Municipal do mês de setembro

Neste mês de setembro Botucatu recebe no Teatro Municipal – “Camillo Fernandez Dinucci” diversas atrações artísticas voltadas a toda população botucatuense. Entre elas estão espetáculos de música e teatro. Confira a programação:

Dia: 12/9 (Sábado)
“O Barbeiro de Sevilha” – a História Contada e Cantada da Ópera “A Inútil Precaução”, da Companhia de Ópera Curta
Horário: 20h30
Entrada Gratuita
* Não será necessária a retirada de ingresso antecipado. As portas do Teatro estarão abertas a partir das 20 horas.
Sinopse: A ópera conta a história do Conde de Almaviva que se apaixonou por Rosina em Madri, onde a viu pela primeira vez no Passeio do Prado e as suas tentativas de aproximação. As primeiras falharam, pois o “tutos” da jovem – o Doutor Bartolo – ao notar as manobras do Conde, muda-se com ela para Sevilha, onde se passa a história.

A Companhia de Ópera Curta é um projeto criado por Rosana Caramaschi e Cleber Papa, em parceria com Luis Gustavo Petri, que cria espetáculos baseados em óperas famosas, cujo conteúdo é um texto teatral que aborda uma visão pouco convencional do libreto – texto dramatúrgico da ópera – baseado na história original. A série tem a história contada, mantendo a linha mestra da ópera original com as principais árias e duetos, legendas em português, cenários, figurinos e iluminação.

Realização: Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, Prefeitura Municipal de Botucatu e Secretaria Municipal de Cultura.

Dia: 17/9 (Quinta-feira)
Comédia – A.M.A.D.A.S – Associação de Mulheres que Acordam Despencadas
Com Elizabeth Savala – Texto de Regiana Antonini | Direção de Luiz Arthur Nunes
Horário: 20h30
Ingresso: R$ 40 (estudantes, professores e idosos), R$40 (clientes Porto Seguro + 1 acompanhante R$40), R$ 60 ( clientes Unimed e Uniodonto) e R$ 80 (inteira)
Ponto de venda: Bilheteria do teatro
Sinopse: Através de um humor histriônico e contagiante, o espetáculo coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher moderna: o texto enfoca a via-crúcis de uma mulher que chega à meia-idade pressionada pelas demandas de uma sociedade cada vez mais fútil e superficial.

A protagonista expõe em uma reunião da A.M.A.D.A.S, suas inseguranças e angústias geradas pela impossibilidade de conservar o visual e o comportamento típico da juventude a essa altura da vida.

Com efeito, a camada social onde a protagonista se movimenta vive de aparências e está sempre pronta a condenar quem não cultiva essa imagem à custa de academias, salões de estética, cirurgias, botox, silicone, etc.

Embora refratária a essa ideologia, Regiana Antonini introjeta completamente os valores da sociedade em que vive, e se pune e se recrimina por não atender essas exigências, chegando a se rebelar contra o marido que a aceita como ela é.

Assim o espetáculo coloca o dedo na ferida de mulheres a caminho da maturidade. Mas o faz de forma inteligente e, principalmente, bem humorada pela sátira hilariante aos mitos e obsessões de nossa época.

Dia: 20/9 (Domingo)
Bossa Convida
Horário: 19h30
Ingresso: R$ 20 (estudantes, professores e idosos) e R$40 (inteira).
*Promoção até véspera do evento todos pagam meia.
Ponto de venda: Bilheteria do teatro
Sinopse: O “Bossa Convida” faz mais uma apresentação em Botucatu. O já tradicional projeto musical botucatuense apresenta dessa vez uma Homenagem à conhecida banda Legião Urbana. Participam pessoas de outros seguimentos. Desde seu nascimento, o “Bossa Convida” já levou mais de 5000 pessoas ao teatro, com apresentações em Botucatu e região.

Dia: 25/09 (Sexta-feira)
Noite de Improviso – Com Marcio Ballas, Marco Gonçalves e convidados
Horário: 20 horas
Ingresso: R$ 30 (estudantes, professores e idosos), R$40 (clientes Unimed e Uniodonto) e R$ 60 (inteira)
Ponto de venda: Bilheteria do teatro
Sinopse: Noite de Improviso é um espetáculo de Improvisação, composto por jogos teatrais e que conta com participação ativa da plateia, sugerindo temas e participando de cenas.

O espetáculo fez sua estreia no Comedians Club como alternativa da casa às suas tradicionais noites de Comédia stand Up. Uma noite dedicada exclusivamente à Improvisação, tornando-se uma referência nacional para quem gosta ou quer conhecer esta linguagem.

O espetáculo tem direção de Marcio Ballas (Cante se Puder, SBT, É Tudo Improviso – Band) pioneiro na improvisação teatral brasileira com o grupo Jogando No Quintal.

Dia: 26/9 (Sábado)
Canções de primeira – com Juca Novaes
Horário: 20h30
Entrada Gratuita
* Não será necessária a retirada de ingresso antecipado. As portas do Teatro estarão abertas a partir das 20 horas.
Sinopse: Canções de Primeira – Volume 1 é o novo disco do cantor, compositor e produtor Juca Novaes, com  canções que ouviu “em primeira mão” no decorrer de 30 anos da história da FAMPOP (Feira Avareense de Musica Popular), festival do qual foi um dos principais criadores, e que ajudou a projetar nomes importantes da música popular brasileira.

O disco conta com participações especiais de Ceumar, Chico Cesar, Dani Black, Pedro Altério e MPB4.

Dia: 28/9 (Segunda-feira)
Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu com o Maestro Dario Sotelo
Horário: 20h30
Entrada Gratuita
* Não será necessária a retirada de ingresso antecipado. As portas do Teatro estarão abertas a partir das 20 horas.
Sinopse: A Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu (OSMB) originou-se no ideal de dois músicos botucatuenses: José Antônio M. de Marchi e Celso W.Cardoso. Estudantes do conservatório Carlos de Campos, em Tatuí (SP), eles vislumbraram a possibilidade de criar um conjunto musical em Botucatu.

Os primeiros ensaios tiveram início em outubro de 1986.A estreia aconteceu em 21 de dezembro do mesmo ano, durante o Festival de Natal no salão social do Botucatu Tênis Clube (BTC). Nomes como o do senhor Progresso Garcia, entusiasta atuante na Câmara, ajudaram que oito meses depois fosse assinada a Lei Municipal que deu criação à Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu.

Desde o início, a OSMB teve vida intensa. Realiza concertos em Botucatu e em toda a região do Centro-Oeste paulista, participando diversas vezes do Festival de Inverno de Campos do Jordão, Festival de Música de Londrina e do programa “Viola Minha Viola”, da Rede Cultura de Televisão. Também se apresentou na melhor sala de concertos brasileira: a Sala São Paulo.

Serviço:
A bilheteria do Teatro Municipal funciona de terça a sexta-feira, das 13 às 19 horas, e aos sábados, das 13 às 17 horas, somente quando há eventos no fim de semana. Aos domingos, feriados e pontos facultativos a bilheteria é aberta duas horas antes do espetáculo.

Teatro Camillo Fernandez Dinucci
Praça Coronel Moura, nº 27 – Centro
Telefone: (14)3882-9004

Fonte: Prefeitura Municipal de Botucatu

Scroll Up