Corinthians vence o Athletico-PR na Arena da Baixada pelo Brasileirão

O Corinthians entrou de vez na briga por uma vaga na próxima Libertadores. Neste domingo, a equipe do técnico Sylvinho derrotou o Athletico-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, chegou a segunda vitória consecutiva e entrou no G6.

O único gol da partida foi marcado por Roni. Aos nove minutos do segundo tempo, o meio-campista recebeu cruzamento na medida de Fábio Santos na entrada da pequena área e cabeceou no contrapé do goleiro Santos para assegurar a vitória do Timão.

Com o triunfo, o Corinthians chegou a 24 pontos e subiu para a sexta colocação. Já o Furacão permanece com 23 pontos, mas com a quarta derrota consecutiva no Brasileirão, caiu para o nono lugar.

O Athletico-PR volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Santos, às 19 horas (de Brasília), pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, na Arena da Baixada. O Corinthians, por sua vez, visita o Grêmio no sábado, às 21 horas, em Porto Alegre, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Corinthians foi melhor nos primeiros minutos da partida, controlando as ações e chegando mais vezes ao ataque. Os visitantes, no entanto, não conseguiram transformar a superioridade em chances claras de gol.

Adson foi o primeiro corintiano a arriscar. Após roubada de bola de Gustavo Mosquito aos quatro minutos, o camisa 28 dominou na intermediária e finalizou de pé esquerdo, mas mandou por cima. Pouco depois, o garoto fez ultrapassagem pela esquerda e cruzou fechado, acertando o travessão do goleiro Santos.

A primeira chegada do Athletico-PR só foi acontecer aos 17 minutos. Após lançamento longo, Carlos Eduardo dominou pela esquerda e tocou na entrada da área para David Terans, que bateu de primeira de pé esquerdo, mas para fora.

O Corinthians teve outras duas tentativas antes do intervalo. Primeiro, Giuliano ficou com a sobra na entrada da área após cobrança de escanteio e buscou uma finalização colocada, mas mandou no meio do gol. Depois, Fagner avançou pela direita a bateu forte, acertando a  rede pelo lado de fora.

Com dificuldade para entrar na área visitante, o Furacão apostou nos chutes de longa distância, mas não levou perigo. Nikão e Erick, duas vezes, arremataram de longe, mas pecaram na pontaria.

As oportunidades claras de gol só foram aparecer no início da segunda etapa. Aos cinco minutos, Christian aproveitou cruzamento de Nikão e, da entrada da área, cabeceou forte na trave esquerda de Cássio.

A resposta do Corinthians veio quatro minutos depois. Após boa troca de passes do time de Sylvinho pela esquerda, Fábio Santos recebeu com liberdade pela esquerda e cruzou na pequena área, onde Roni chegou cabeceando no contrapé de Santos, abrindo o placar.

Com o tento sofrido, o Athletico passou a ficar mais com a bola, enquanto o Corinthians se fechou para segurar a vantagem. Com isso, o Rubro-Negro passou a ter as principais chances. Aos 12, Carlos Eduardo recebe na entrada da área, passou pela marcação e chutou de canhota, levando perigo. Aos 24, Léo Cittadini ficou com a bola na pequena área após desvio de Jaderson em cobrança de escanteio e bateu forte, acertando o rosto de Cássio.

Nos minutos finais, o Athletico voltou a assustar. Jaderson teve grande chance de empatar a partida ao receber cruzamento livre de marcação na segunda trave, mas acabou pegando mal na bola ao tentar o chute de primeira. Depois, Zé Ivaldo desivou após ajeitada de Thiago Heleno, mas Cássio fez defesa tranquila.

Nos acréscimos, o Furacão ficou com um jogador a menos. Thiago Heleno acertou Adson com a sola do pé em dividida e recebeu cartão vermelho após rápida checagem do árbitro no VAR. Com a vantagem numérica, o Corinthians conseguiu ter a posse de bola nos últimos lances e garantir a vitória.

ATHLETICO-PR 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 22 de agosto de 2021, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-FIFA)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO-FIFA) e Bruno Raphael Pires (GO-FIFA)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: Carlos Eduardo (Athletico-PR);
Cartão vermelho: Thiago Heleno (Athletico-PR)

GOL:
CORINTHIANS: Roni, aos 9 minutos do 2ºT

ATHLETICO-PR: Santos; Khellven, Pedro Henrique (Zé Ivaldo), Thiago Heleno e Abner; Erick, Christian (Léo Cittadini) e David Terans (Jader); Nikão, Carlos Eduardo (Jaderson) e Bissoli (Renato Kayzer).
Técnico: António Oliveira.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Du Queiroz), João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Roni (Renato Augusto) e Giuliano (Xavier); Adson, Gustavo Mosquito (Mateus Vital) e Jô (Luan).
Técnico: Sylvinho.

Fonte: Yahoo! – Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Scroll Up