24 de maio, 2024

Últimas:

Coreia do Norte dispara vários mísseis de cruzeiro, dizem militares

Anúncios

A Coreia do Norte disparou múltiplos mísseis de cruzeiro, informaram os militares sul-coreanos nesta terça-feira (23). Os mísseis caíram no Mar Amarelo, na costa oeste da Península da Coreia.

Os disparos foram feitos por volta das 7h de quarta-feira (24), pelo horário local (19h de terça-feira, em Brasília). Setores de inteligência da Coreia do Sul e dos Estados Unidos estão analisando os lançamentos.

Anúncios

Este foi o primeiro disparo de mísseis de cruzeiro desde setembro de 2023 e o segundo movimento militar da Coreia do Norte nos últimos dias. Na quinta-feira (18), a o país afirmou ter testado um sistema de armas nucleares submarinas, conhecido como “Haeil-5-23”.

Os norte-coreanos disseram que o teste da última semana foi feito em resposta a exercícios militares conjuntos feitos pela Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão.

Anúncios

Até a publicação desta reportagem, a Coreia do Norte não havia se manifestado sobre os disparos feitos nesta terça-feira.

Tensão na Ásia

A Península da Coreia enfrenta uma escalada de tensões nos últimos meses. As relações entre Coreia do Sul e Coreia do Norte se deterioraram nos últimos anos, fazendo com que exercícios militares na região se tornassem mais frequentes.

Enquanto a Coreia do Sul tem feito ações militares em parceria com os Estados Unidos e com o Japão, a Coreia do Norte tem dado sinais de que está se preparando para uma guerra.

No final de 2023, Kim Jong-un ordenou que o exército norte-coreano se preparasse para um possível conflito. O líder também pediu urgência para acelerar preparativos para guerra.

Recentemente, a irmã de Kim Jong-un, Kim Yo-jong, afirmou que qualquer provocação de um inimigo resultaria em uma resposta com “batismo de fogo”.

Entre os dias 5 e 7 de janeiro, a Coreia do Norte fez disparos em uma região de fronteira marítima com a Coreia do Sul. Os tiros de artilharia fizeram com que a Coreia do Sul pedisse para que moradores de ilhas da região buscassem por abrigos.

Fonte: G1

Talvez te interesse

Últimas

Reforçadas pela tradição japonesa e pela forte imigração na região paulistana, arquitetura tradicional nipônica se une à brasileira em construções...

Categorias