Convênio entre prefeitura e Famesp abre 10 leitos de UTI no Hospital das Clínicas em Bauru

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A prefeitura de Bauru e a Famesp assinaram na manhã desta quinta-feira (15) o convênio para a abertura de 10 leitos de UTI no Hospital das Clínicas, que funciona como uma unidade de campanha para tratamento da Covid-19 no prédio que pertence ao HRAC/Centrinho da USP.

Convênio foi assinado no último dia do prazo dado pela Justiça para abertura das vagas hospitalares. As novas vagas começam a funcionar a partir das 19 horas desta quinta-feira e serão para o tratamento de pacientes graves de Covid-19, com todo o suporte ventilatório, e também aparelhos de hemodiálise para os casos em que há necessidade.

O custo da diária por leito é de R$ 2.473,18, e o convênio é válido por 90 dias, totalizando um investimento de R$ 2.225.862,00 com recursos municipais.

A prefeitura já entrou com pedido de credenciamento dos leitos junto ao Ministério da Saúde. Se forem habilitados, a União repassará parte do valor necessário ao custeio.

Cerca de 100 funcionários vão atuar na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Campanha, incluindo equipes de assistência e administrativa.

Estrutura

Leitos de UTI estão prontos para começar a funcionar em Bauru — Foto: ACI Famesp/ Divulgação
Leitos de UTI estão prontos para começar a funcionar em Bauru (Foto: ACI Famesp/ Divulgação)

Aberto em julho de 2020, o hospital de campanha começou a funcionar inicialmente no quarto e quinto andar do prédio da unidade II do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais de Bauru (HRAC), com 40 leitos clínicos específicos para atendimento de Covid-19 em uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e a Famesp, organização social de saúde que faz a gestão dos leitos.

Para a abertura dos leitos de UTI, o HC já tem os equipamentos essenciais para iniciar o funcionamento. A Famesp também adquiriu instrumentais, como laringoscópio, pinça e cuba. Além disso, a fundação readequou todo o espaço do HC com alterações para abrigar aparelhos de hemodiálise e outros equipamentos, fez reparos em infiltrações, ajustes em instalações elétricas, colocou entradas de oxigênio e adquiriu exaustor para deixar o oitavo andar pronto para funcionamento das UTIs.

Também foi realizado o processo de contratação emergencial de técnicos de enfermagem e apesar da escassez desses profissionais, reuniu currículos disponíveis em seu banco para esta seleção. Para a contratação de médicos, a Famesp precisou buscar profissionais de fora de Bauru, já que na cidade está difícil encontrar esses profissionais

As equipes recém-contratadas foram treinadas por profissionais já atuantes e experientes no enfrentamento da Covid-19, que ajudaram no detalhamento dos protocolos, inclusive.

O efetivo de 100 funcionários inclui médicos e terceirizados, como o pessoal da limpeza, lavanderia, segurança. Entre outros, são 25 técnicos de enfermagem, 12 enfermeiros, seis fisioterapeutas, um oficial administrativo, um técnico de radiologia e um gerente de enfermagem.

Fonte: G1 – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes