Comutur acompanha casos de espaços turísticos fechados em Botucatu após vandalismo

O Conselho Municipal de Turismo (Comutur) acompanha com atenção os casos de espaços turísticos que estão sendo fechados pelos donos das propriedades por conta de vandalismo praticados nesses espaços de lazer.

O caso que chamou atenção nesta semana foi o fechamento da rampa de voo livre Base da Nuvem que é a mais conhecida da região.

No local foram registrados arrombamento de porteiras, pichação e fogo em área verde.

Rafael Salim Corvino informou que no começo a rampa não era muito conhecida, mas agora com a divulgação do lugar o espaço passou a ser visitado por cerca de 400 pessoas todo o final de semana, mas algumas entram mesmo quando está fechado estourando cadeados e causando danos ao local.

O presidente do Conselho de Turismo, Bruno Oliveira defende o controle de visitação que será implantado na rampa de voo livre que segundo ele é de extrema importância para o desenvolvimento do turismo responsável no município. “Praticantes de esportes, visitantes e turistas precisam entender que a invasão de áreas particulares na Cuesta é crime e está passível de severas sanções penais”, disse. (Comunicação Comutur).

Fonte: Assessoria de Comunicação

Scroll Up