Comitê de Ética da Fifa recomenda banimento vitalício do futebol para Platini

Segundo veicula nesta terça-feira o jornal francês Libération, a Câmara de Investigação do Comitê de Ética da Fifa deverá solicitar que Michel Platini seja banido para sempre de qualquer atividade ligada ao futebol. Atualmente, o ex-jogador francês encontra-se apenas suspenso de suas funções como presidente da Uefa.

O órgão da entidade que está responsável pela investigação do caso, em apura o fato do pagamento de 1,8 milhões de euros executados em 2011 para um trabalho que Platini alega ter realizado entre 1999 e 2002, já entregou seu relatório para a câmara de julgamento.

Desde que o caso de corrupção estava sendo analisado, especulações sobre o tempo que o mandatário francês receberia de afastamento como pena final eram feitas, com cinco ou seis anos de gancho sendo estipulados. Contrariando as previsões mais pessimistas, a recomendação, que parte da representante de Trinidad e Tobago, Vanessa Allard, membro do comitê e que dirige a investigação, pede que seja realizada uma punição vitalícia para Platini.

A solicitação conflita mais ainda com o desejo do ex-atleta de concorrer nas eleições para a presidência da Fifa, que acontecerão no dia 26 de fevereiro de 2016. Mesmo com a candidatura lançada, Platini ainda não teve o pleito aprovado, uma vez que a entidade ainda não havia analisado sua situação, em razão do mesmo estar afastado pela suspeita de corrupção.

Com base no relatório apresentado por Allard junto do Comitê de Ética, afirmando o banimento de Platini do futebol para o resto da vida, a Câmara de Julgamento declarou que iria tomar a sua decisão em dezembro.

Fonte: Yahoo!