Com recorde de mortes no país, sul da Alemanha volta a decretar lockdown

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A região da Baviera, no sul da Alemanha, que registrou até agora o maior número de mortes por coronavírus do país, anunciou neste domingo (6) que vai impor um bloqueio mais rígido até 5 de janeiro.

De acordo com o premiê estadual Markus Soede, os alemães da Baviera só poderão sair de casa por “um bom motivo”, acrescentando que haverá um relaxamento nas regras para o Natal, mas não para as celebrações do Ano Novo.

Para controlar a segunda onda da Covid-19, a Alemanha está fechando restaurantes e bares e limitando as reuniões públicas.

Embora as infecções diárias não estejam mais aumentando tão acentuadamente como antes, o número de casos estagnou em um nível alto, e a Alemanha relatou o maior número de mortes por coronavírus em um único dia na quarta-feira passada (2), informou a Reuters.

Neste domingo (6), o número de casos confirmados aumentou em 17.767 para 1.171.323, mostraram dados do Instituto Robert Koch para doenças infecciosas, enquanto o número de mortes relatadas aumentou em 255 para 18.772, incluindo 4.289 mortes na Baviera.

A chanceler Angel Merkel e os líderes estaduais estenderam as medidas restritivas nacionais na quarta-feira (2), limitando as reuniões privadas a cinco pessoas de duas famílias até 10 de janeiro.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes