Artigo: HC iluminado – Por Dr. André Balbi

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

E aconteceu, na noite do último dia 19, o 2º Ilumina HC – Natal de luz, evento que contou com centenas de pessoas, principalmente crianças e pacientes internados no HC, que viram, juntas, a chegada do Papai Noel em um grande carro iluminado.

Como ocorreu no ano passado, foi difícil encontrar alguém que não tenha se emocionado com algumas cenas que vimos por lá. Idealizado por uma das meninas superpoderosas do HC, a Drª. Érika, Diretora de Assistência e comandado por ela e pela Adriana Gonçalves, outra dessas meninas, este evento contou com o auxílio de inúmeras pessoas, ancoradas pela nossa Assessoria de Comunicação, Imprensa e Marketing. Inicialmente planejado para possibilitar a troca das lâmpadas do HC por lâmpadas de LED, mais econômicas, vejo este evento ganhando mais força, podendo se transformar em nosso lema: iluminar de todas as formas nosso Hospital.

Precisamos de luz no HC e, como disse a Vivian em um texto emocionante escrito pela Maira pouco antes da chegada do Papai Noel, todos nós podemos iluminar o HC, cada um de sua própria maneira, mas juntando a energia que temos para transmiti-la aos que precisam dela.

Como Superintendente, sempre pensei em quebrar os muros teóricos que nos cercam e vejo que, aos poucos, estamos conseguindo. Quebrando muros e barreiras, podemos mostrar o que somos e do que precisamos.

Somos um hospital iluminado, ainda com inúmeras falhas que estamos procurando, aos poucos, resolver. Assisti parte do evento ao lado da estátua do Professor Montenegro, retratado no momento em que ele dizia aos alunos da primeira turma que ali seria uma grande escola de medicina. Tenho a ousadia de completar sua fala afirmando que, além de uma grande escola de medicina, temos também um grande hospital formado por gente envolvida, emocionada e vibrante com seu trabalho, apesar de nossas inúmeras dificuldades.

E por falar em gente, voltei para minha casa lembrando de uma música do Caetano Veloso, onde ele fala que gente é para brilhar, não para morrer de fome. E aproveito estes versos para dizer que nosso HC é para continuar brilhando e seus pacientes nunca morrem de fome. Fome de acolhimento e da nossa disposição em ajudá-los. Gente espelho da vida. Vida, doce mistério. Feliz Ano novo  iluminado a todos!

**Dr André Balbi é médico nefrologista, professor adjunto de Nefrologia da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB) e atual Superintendente do HCFMB

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes