Cinco homens são detidos por maus-tratos após atirarem cachorro em lagoa de Piracicaba

Cinco homens foram detidos na tarde deste sábado (18) após serem flagrados atirando um cachorro dentro de uma lagoa em Piracicaba (SP). Quatro deles são moradores de rua e estão acolhidos em um abrigo da prefeitura. O quinto é um professor de educação física que atua no abrigo.

Policiais civis viram a ação e filmaram. Dois dos homens pegam o cão pelas patas, balançam e jogam em direção à lagoa. Os outros três riem e filmam a ação. O cachorro nada e sai da água, mas é jogado novamente. O caso aconteceu próximo à pista de skate da Rua do Porto.

De acordo com a Polícia Civil, o cachorro não tem um olho, estava mancando e aparenta ser idoso. Ele foi entregue para responsáveis de um grupo de proteção animal.

Os cinco homens foram detidos e levados para a delegacia, onde foi feito um boletim de ocorrência de maus tratos a animais, depois foram liberados. Segundo os policiais, eles alegaram ter feito uma brincadeira de mau gosto e que estão arrependidos.

Os quatro moradores de rua que estão abrigados no Ginásio do Jaraguá não têm autorização para sair do local sem um responsável, que, neste caso, foi o professor de educação física.

Prefeitura

A Prefeitura de Piracicaba informou que vai abrir uma sindicância na próxima segunda-feira (20) para apurar o caso e que acompanhou o registro da ocorrência na delegacia.

“O procurador geral do município dr. Sergio Bissoli, agora no final da tarde, já pediu a um procurador que peça o boletim de ocorrência na segunda-feira, e abrirá imediatamente a sindicância. Para ele, a atitude do servidor é lamentável, principalmente quando era o responsável pela saída das outras pessoas do abrigo da prefeitura”, diz a nota.

A prefeitura informou ainda que trabalha para garantir a proteção dos animais de rua, que comprou um “Castramóvel” para atender cães e gatos de rua nos bairros e que já garantiu para o futuro a construção de um hospital público veterinário na cidade.

Defensora dos animais

A ativista pelos direitos dos animais Luisa Mell se manifestou sobre o caso em seu perfil no Instagram, onde ela tem 3,5 milhões de seguidores. “Quando eu soube do caso, começamos a levantar informações e fomos atrás para ajudarmos e conseguimos”. Segundo a postagem, o cachorro vai ser levado para o Instituto Luisa Mell.

Ver essa foto no Instagram

Gente, hoje, por volta das 14h, esses 5 monstros do vídeo pegaram esse cãozinho idoso e cego e simplesmente atiraram ele em rio para morrer em Piracicaba/SP. Um dos imbecis é professor de educação física da prefeitura!!! Ele educa crianças 😱😱 @crefsp !!! Quando eu soube do caso, começamos a levantar informações e fomos atrás para ajudarmos e conseguimos!! O pobre cãozinho já está a caminho do @institutoluisamell Descobrimos que dois delegados do DEIC de Piracicaba/SP, que estavam de folga hoje, ao verem o vídeo, saíram de suas casas e com a polícia, localizaram e autuaram os 5! Parabéns a delegada Juliana Ricci e o delegado Wilson Lavorenti Com a ajuda do @del.brunolima o cãozinho daqui há pouco estará no @institutoluisamell 🙌🙏🙏 É inacreditável que alguém consiga fazer isso!!!

Uma publicação compartilhada por Luisa mell (@luisamell) em

Fonte: G1

Scroll Up