15 de junho, 2024

Últimas:

Chuvas intensas afetam ao menos 78 cidades de Santa Catarina

Anúncios

Ao menos 78 cidades de Santa Catarina já registraram alagamentos, deslizamentos e outras ocorrências decorrentes das fortes chuvas que atingem o estado. A informação consta no relatório que a Defesa Civil catarinense divulgou neste sábado (7). Segundo o órgão, 31 municípios já decretaram situação de emergência.

Ainda de acordo com a Defesa Civil estadual, a população deve permanecer alerta. As chuvas intensas que mataram uma pessoa em Rio do Oeste e feriram outra em Timbó devem persistir durante todo este fim de semana, em boa parte do estado, acompanhada por raios, rajadas de vento e granizo.

Anúncios

Do centro ao norte catarinense (Grande Florianópolis, Planalto Norte, Litoral Norte e Vale do Itajaí), o volume de chuva pode, pontualmente, superar 80 milímetros em algumas localidades. Do Extremo Oeste ao Litoral Sul, a precipitação média deve variar entre 40 mm e 60 mm. As condições meteorológicas só devem começar a melhorar, gradualmente, a partir da próxima segunda-feira (9).

Desde a última terça-feira (3), quando as fortes chuvas começaram a atingir Santa Catarina, o Corpo de Bombeiros atendeu a 184 ocorrências, incluindo o resgate de famílias de comunidades isoladas. Equipes municipais, Polícia Militar e outros órgãos estaduais também foram acionados para socorrer pessoas ou ajudar em casos de alagamentos, deslizamentos e outros problemas em áreas urbanas e rurais, inclusive com pontos de rodovias e estradas bloqueados. 

Anúncios

Só na cidade de São Joaquim, localizada na Serra Catarinense, a cerca de 270 quilômetros de Florianópolis, choveu o equivalente a 171 mm entre as 9 horas de ontem (6) e as 9 horas de hoje. Embora tenha sido a cidade a registrar o maior volume de chuva no período, a cidade não está entre as que se viram forçadas a decretar situação de emergência. 

“Todas as previsões da Defesa Civil de Santa Catarina se confirmaram e, ontem, sexta-feira, começou a precipitação volumosa de chuva. Inicialmente, a partir da região sul, divisa com o Rio Grande do Sul”, destacou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Fabiano de Souza. “Os primeiros acionamentos do Corpo de Bombeiros se concentraram no litoral sul [catarinense] e no Planalto Sul, onde tivemos eventos [ocorrências] importantes, como enxurradas, alagamentos, alguns deslizamentos e a retirada de famílias que ficaram ilhadas. Hoje, as principais ações começam a se concentrar no Vale do Itajaí”.

Os 31 municípios cujas prefeituras emitiram decretos de situação de emergência até o início desta tarde são: Agronômica, Araquari, Lebon Régis, Jaborá, Rio do Sul, Aurora, Rio do Oeste, Laurentino, Rio Negrinho, Campo Alegre, São Bento do Sul, Ibiam, Campos Novos, Frei Rogério, Monte Carlo, Brunópolis, Curitibanos, Corupá, Presidente Getúlio, Itaiópolis, Canoinhas, Papanduva, Mafra, Tangará, Vargem, Mirim Doce, Três Barras, Bela Vista do Toldo, Itaiópolis, São Cristóvão do Sul e Erval Velho.

Fonte: Agência Brasil – Foto: CBMSC

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na manhã desta sexta-feira, 14, a Polícia Civil realizou uma operação policial no Condomínio Cachoeirinha 2, em uma ação...

Categorias