Chuva embaralha classificação na Rússia, e Norris faz 1ª pole da McLaren desde 2012

Depois da primeira vitória desde 2012 na Itália, no início de setembro, a McLaren quebrou no GP da Rússia um jejum de quase oito anos sem largar da pole position com Lando Norris. Ele superou Lewis Hamilton e Carlos Sainz no final da classificação deste sábado para iniciar, pela primeira vez na carreira, uma corrida do primeiro lugar. O britânico anotou 1m41s993, colocando 0s5 sobre o espanhol da Ferrari em uma sessão com pista molhada após a tempestade que atingiu o Circuito de Sochi.

George Russell, que já conquistou os primeiros pontos e o primeiro pódio da Williams em quatro anos na atual temporada, ficou com a terceira colocação depois de levar a melhor sobre o futuro companheiro na Mercedes, Hamilton, que chegou a liderar o Q1 e o Q2 mas rodou na última volta e larga em quarto.

Lando Norris conquistou no GP da Rússia a primeira pole position da McLaren desde 2012 — Foto:  Yuri Kochetkov - Pool/Getty Images
Lando Norris conquistou no GP da Rússia a primeira pole position da McLaren desde 2012 (Foto: Reprodução)

A última pole da McLaren na F1 foi no GP do Brasil de 2012, com Hamilton, que assinou com a Mercedes no ano seguinte. Até então, o melhor resultado de Norris, que neste ano já conquistou quatro pódios – incluindo uma dobradinha da equipe britânica em Monza na vitória de Daniel Ricciardo -, havia sido um segundo lugar no grid de largada na Áustria.

Para Russell, o tempo que valeu sua segunda melhor classificação de 2021 desde o segundo lugar na Bélgica veio após ele ser o primeiro a trocar os pneus intermediários pelos macios. O composto para pista molhada foi adotado por todos os pilotos ao longo de boa parte da sessão, que antecedeu uma forte chuva na região – que chegou a impedir a realização do terceiro treino livre.

Lando Norris conquistou primeira pole position da carreira no GP da Rússia — Foto:  Bryn Lennon/Getty Images
Lando Norris conquistou primeira pole position da carreira no GP da Rússia (Foto: Divulgação)

Max Verstappen, que receberá posições de punição por ter feito a quarta troca da unidade de potência do ano, não participou da sessão. Charles Leclerc, que partirá do fundo do grid pelo mesmo motivo, também abdicou da classificação no Q2, juntamente com Nicholas Latifi. Único representante da RBR neste sábado, Sergio Pérez partirá do nono lugar.

A largada do GP da Rússia será às 9h deste domingo (horário de Brasília).

Resultado

Q3. — Foto: Q3.
Foto: Reprodução/F1

Fonte: G1

Scroll Up