CBV lança Superliga 2021/2022 que terá público desde o início no masculino

A Confederação Brasileira de Vôlei lançou oficialmente nesta quarta-feira a Superliga 2021/2022, a primeira do ciclo olímpico para Paris-2024. Em um evento online, que contou com a presença de muitos jogadores e ex-jogadores, a entidade deu o pontapé inicial para a competição.

A fórmula segue similar a outros anos. Serão 12 equipes no masculino e 12 no feminino. Os oito melhores se classificam para as quartas de final e os dois piores serão rebaixados. A competição masculina começa neste sábado, com dois jogos. O Sportv transmite Cruzeiro x São José às 19h e, às 21h30, o Campinas enfrenta o Sesi também com transmissão do canal campeão. O torneio feminino tem início na semana que vem.

A grande novidade do lançamento do torneio foi a divulgação de que os jogos do torneio masculino terão torcida desde o início. A exceção serão os jogos do Minas. Como a prefeitura de Belo Horizonte ainda não liberou eventos com público, o clube aceitou que as partidas entre os demais clubes tivessem torcida, mas em troca pediu que nenhum jogo do Minas, nem em casa, nem fora, tenha presença de torcedores. A sugestão foi acatada pelos outros 11 clubes.

No masculino, disputam a competição: Blumenau, Brasília, Campinas, Cruzeiro, Goiás, Guarulhos, Minas, Montes Claros, São José dos Campos, Sesi, Natal e Uberlândia. No feminino, os 12 clubes que sonham com o título são: Barueri, Brasília, Curitiba, Fluminense, Maringá, Minas, Osasco, Pinheiros, Praia Clube, Sesc-Flamengo, Sesi-Bauru e Valinhos.

Fonte: G1 – Foto: Divulgação/CBV

Scroll Up