04 março, 2024

Últimas:

Caso Sangari: Justiça julga improcedente ação civil pública movida contra João Cury e Minetto; leia a sentença

Anúncios

O juiz de direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Botucatu-SP, Dr. Fábio Fernandes Lima, julgou improcedente a ação civil pública de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo contra o ex-prefeito de Botucatu, João Cury Neto, o ex-secretário de Educação de Botucatu, Narcizo Minetto Júnior e a empresa Abramundo Educação em Ciências LTDA., no “Caso Sangari”. (leia toda sentença abaixo)

O Ministério Público abriu investigação por supostas irregularidades em contrato assinado em 2010, entre a Prefeitura de Botucatu e a Sangari do Brasil – atual Abramundo – para implantação de nova metodologia de Ciências nas Escolas Municipais de Botucatu.

Anúncios

O juiz Dr. Fábio Fernandes Lima destaca que: “Dos autos vê-se claramente que a contratada regularmente, prestou os serviços de capacitação dos professores e forneceu os bens consumíveis e não consumíveis nos termos em que se obrigou no contrato administrativo, fazendo jus à contraprestação pelo trabalho e fornecimento em favor da Administração Municipal de Botucatu, nos termos contratados, até a data da rescisão unilateral do contrato”.

A sentença será publicada e cabe recurso por parte do Ministério Público.

Anúncios

 

Leia a íntegra da sentença:

 

 

Fonte: Leia Notícias

Últimas

Categorias