Caso Isabele: jovem responsável por tiros é condenada a 3 anos de internação

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Na terça-feira (19), a juíza da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá , Cristiane Padim, mandou internar a adolescente que atirou e matou a jovem Isabele Ramos Guimarães, de 14 anos . A garota foi condenada a pena máxima de três anos de reclusão em regime socioeducativo, podendo ter sua pena revistas a cada seis meses. As informações foram apuradas pelo G1. 

Isabele foi morta pela melhor amiga por um tiro no rosto, no dia 12 de julho de 2020, em Cuiabá. A jovem responsável pelos disparos chegou a ser apreendida dois meses depois do crime, mas foi liberada no mesmo dia. 

Uma reconstituição do crime foi feita no dia 19 de agosto de 2020. Lá foi constatado que a pessoa que fez o disparo estava entre 20 a 30 cm de distância. No decorrer das investigações, foi constatado que a versão da história apresentada pela garota que fez os disparos, não batia com as situações que aconteceram no dia do morte e que seu comportamento foi doloso, pois foi considerado que ela assumiu o risco de que poderia acabar matando a vítima. 

O Ministério Público Estadual (MPE) então, indiciou a adolescente pelo crime de ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso , quando se tem a intenção ou se assume o risco de matar. No dia 10 de setembro de 2020, a intervenção provisória da jovem foi pedida . Seis dias depois, o MPE pediu a internação da jovem e seu processo começou a correr em segredo de Justiça. 

Fonte: Ig

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes