Casal e duas filhas morrem após avião cair dentro de rio no Paraná

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um avião de pequeno porte caiu entre Roncador e Mato Rico, na região Central do Paraná, na manhã desta terça-feira (29). Segundo a Defesa Civil, um casal e as duas filhas morreram após a queda.

A aeronave foi encontrada dentro do Rio Macaco, que fica entre as duas cidades, na comunidade rural Bela Vista.

Ainda não há informações oficiais sobre o motivo do acidente. Há a suspeita que o acidente ocorreu em virtude de um temporal que atingiu a região por volta das 7h desta terça-feira (29).

Ainda conforme a Defesa Civil, quem estava pilotando o avião era Valdecy Cruzeiro, que morava em Goioerê, no noroeste do Paraná.

Amigos de Valdecy disseram que ele pilotava avião há mais de 20 anos e era acostumado a viajar para o litoral do estado.

Uma das vítimas do acidente aéreo publicou quando a família embarcava em Goioerê — Foto: Reprodução/Instagram
Uma das vítimas do acidente aéreo publicou quando a família embarcava em Goioerê (Foto: Reprodução/Instagram)

Quem eram as vítimas

Conforme apuração realizada pela RPC, morreram no local do acidente:

  • Valdecy Cruzeiro, era empresário e estava pilotando o avião
  • Luciana Brito Cruzeiro
  • Beatriz Brito Cruzeiro, tinha 23 anos
  • Júlia Brito Cruzeiro, tinha 18 anos

Família seguia para o litoral

Avião caiu no Rio Macaco, entre Mato Rico e Roncador, na região central do Paraná — Foto: Jorge Tolim/Você e Região
Avião caiu no Rio Macaco, entre Mato Rico e Roncador, na região central do Paraná (Foto: Jorge Tolim/Você e Região)

Avião caiu no Rio Macaco, entre Mato Rico e Roncador, na região central do Paraná — Foto: Jorge Tolim/Você e Região

A Polícia Militar informou que a aeronave decolou nesta madrugada de Goioerê e tinha como destino o litoral do Paraná. O avião monomotor deveria pousar em Paranaguá por volta das 9h.

Uma das filhas do casal publicou em uma rede social a hora que a família embarcava no avião em Goioerê. A publicação ocorreu por volta das 6h30, desta terça-feira.

Conforme o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), o avião monomotor Cessna 177B, com capacidade para três pessoas, e pertencia à Valdecy Cruzeiro, dono de uma loja de materiais de construção.

A aeronave estava em situação normal de aeronavegabilidade e, conforme o RAB, foi comprada em setembro deste ano.

Os corpos serão levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava .

Partes do avião que caiu no Paraná se espalharam pelo rio e por uma plantação de soja — Foto: Jorge Tolim/Você e Região
Partes do avião que caiu no Paraná se espalharam pelo rio e por uma plantação de soja (Foto: Jorge Tolim/Você e Região)
Avião se despedaçou ao cair no Paraná — Foto: Jorge Tolim/Você e Região
Avião se despedaçou ao cair no Paraná (Foto: Jorge Tolim/Você e Região)
Quatro pessoas da mesma família morreram após a queda da aeronave — Foto: Jorge Tolim/Você e Região
Quatro pessoas da mesma família morreram após a queda da aeronave (Foto: Jorge Tolim/Você e Região)
Partes do avião ficaram presas em árvores  — Foto: Jorge Tolim/Você e Região
Partes do avião ficaram presas em árvores (Foto: Jorge Tolim/Você e Região)

Fonte: G1 – Foto: Jorge Tolim/Você e Região

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes