23 fevereiro, 2024

Últimas:

Carne com ouro: descubra se o quitute de “milhões” é gostoso e saudável

Em meio às vitórias da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar, uma polêmica envolvendo alguns jogadores tomou conta das redes sociais: um víde mostra os atletas jantando num restaurante que servia carne com ouro. A iguaria custa mais de R$ 9 mil, o que gerou debate na web. Mas, será que é saudável (e gostoso) comer folhas de ouro?

Por mais “ostentador” que seja, o adereço diferenciado não tem nenhum valor nutricional. Além disso, não deixa sabor no prato, servindo apenas como uma decoração para dar mais beleza ao preparo.

Em entrevista ao site G1, o especialista em Tecnologia de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Jorge Herman Behrens explicou que a presença o ouro tem um efeito somente psicológico, sem deixar gostos residuais.

“É uma experiência sensorial que vai ficar gravada na memória. O ouro é apenas a finalização. O todo é maior que a soma das partes. Nesses casos, você vai perceber mais o aroma, o sabor e a textura do alimento, como a carne”, explicou.

Vale ressaltar que as folhas de ouro são comestíveis e diferentes daquele encontrado em joias, por exemplo. A substância não é absorvida pelo corpo e, quando consumida esporadicamente e em baixa quantidade, não apresenta risco à saúde.

Ouro na comida é algo histórico

O expert explicou ainda que esse tipo de ouro tem sido usado há algum tempo na culinária. Ele está presente em receitas, principalmente na culinária francesa e na do Oriente Médio, há séculos. O item está ligado ao símbolo de poder e status que a substância carrega.

“Uma refeição é uma demonstração de poder”, disse. No passado, era comum soberanos recorrerem a esse tipo de proposta. “É uma forma de autoafirmação”, avaliou, ao site. No Brasil, principalmente na confeitaria, o ouro em pó costuma ser utilizado na decoração de alguns doces refinados — e caros.

Fonte: Metrópoles

Últimas

Associação Catarinense de Provedores de Internet  tem nova diretoria

Associação Catarinense de Provedores de Internet tem nova diretoria

23/02/2024

Gestão, comandada pelo presidente Amilcar Dellagiustina Lago, tem vigência de 2024 a 2026

Categorias