Cão abandonado ‘por ser gay’ é adotado por casal homossexual

O cão que fora abandonado pelos seus donos na Carolina do Norte (EUA) por “ser gay” acabou sendo adotado exatamente por um casal gay.

Fezco havia sido levado para um abrigo de animais após ser rejeitado pelos donos, que o viram cruzando com outro macho.

O caso gerou revolta nas redes sociais. Mas teve um final feliz: de acordo com a emissora WCCB, Fezco foi adotado por Steve Nichols e John Winn. Eles disseram que sofrem a mesma discriminação, intolerânica e ignorância que o animal, de 5 anos.

Quando a notícia do abandono do cão viralizou, eles se entreolharam e disseram: “Podemos fazer algo sobre isso”. Eles rapidamente entraram com um pedido de adoção de Fezco e foram escolhidos alguns dias depois.

Steve Nichols e John Winn
Steve Nichols e John Winn Foto: Reprodução

Eles renomearam o animal como Oscar, em homenagem a Oscar Wilde, o poeta e dramaturgo irlandês que foi enviado para a prisão e publicamente humilhado por ser gay.

“Foi uma das coisas mais estúpidas que já ouvi”, declarou Steve sobre o abandono do cachorro.

Ele disse, ainda, acreditar que “faz sentido que o cão gay seja adotado por uma família gay amorosa”.

Fonte: Extra