16 abril, 2024

Últimas:

Cantor sertanejo fica ferido em acidente de moto aquática cinco meses após bater carro em rodovia

Anúncios

O cantor sertanejo Zé Ottávio ficou ferido após se envolver em um acidente no lago de Babaçulândia, norte do Tocantins, na manhã deste sábado (30). Ele andava em um jet-ski, quando bateu em outro.

O pai do cantor, o advogado Paulo Roberto, contou ao g1 que o filho sofreu ferimentos no rosto e na cabeça.

Anúncios

“Ele bateu a cabeça, a testa, boca e queixo. Fizemos tomografia e está tudo bem, graças a Deus. Agora ele vai ficar em recuperação. Deus fez um milagre na vida dele”.

Cantor tocantinense Zé Ottávio (Foto: Reprodução/YouTube)

Depois do acidente, Zé Ottávio foi levado para o Hospital Regional de Araguaína, mas será transferido para um hospital particular da cidade. O pai contou que esse seria o último passeio do cantor com os amigos, já que ele está de mudança para Fortaleza. A viagem está marcada para a próxima segunda-feira (2).

Anúncios

“Ele estava fazendo um passeio porque ele está indo para Fortaleza na segunda, esse era o último passeio que ele iria participar aqui. De qualquer jeito, ele vai para Fortaleza na semana que vem”, disse Paulo Roberto.

Dois acidentes em cinco meses

Acidente com o cantor Zé Ottavio deixa o carro destruído (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O cantor se envolveu em outro acidente, em maio deste ano. A colisão aconteceu na BR-153, entre Colinas e Brasilândia. Na época, ele também estava com familiares e amigos no carro a caminho de Palmas, para pegar um avião para Fortaleza (CE), quando foram surpreendidos por um cavalo que invadiu a pista.

O carro bateu no animal, que foi jogado para o acostamento. O cavalo morreu e a frente do carro ficou completamente destruída. Nenhum ocupante do carro se feriu.

Zé Ottávio estava no banco do carona e teve um arranhão no braço e uma queimadura leve no outro braço causada pelo air bag. Em vídeo nas redes sociais, o cantor conta como tudo aconteceu.

“Entrou um animal na pista e não conseguimos frear. Estávamos devagar, se estivesse mais rápido tinha acontecido algo pior. Se a gente joga pra esquerda, pegava o carro que estava vindo, se a gente joga pra direita, caía em um buraco, então a alternativa que tinha era essa, não deu para frear e aconteceu o que aconteceu”, relatou na época.

Fonte: G1

Últimas

Brindes: marketing promocional é opção para empresas do país

Brindes: marketing promocional é opção para empresas do país

16/04/2024

PMEs brasileiras têm dificuldade para vender e atrair clientes; co-founder da Zen Brindes explica como a...

Categorias